Diferenças entre edições de "Santa Engrácia (Lisboa)"

1 byte adicionado ,  11h47min de 9 de maio de 2009
m
m (Bot: Adicionando: en:Santa Engrácia)
Datam assim do século XVI, as primeiras referências à freguesia (então denominadas de paróquias) de Santa Engracia que se estendia entre os [[Santa Maria dos Olivais (Lisboa)|Olivais]] e [[Santo Estêvão (Lisboa)|Santo Estevão]], era nessa altura uma Zona Rural, pois era excluida da malha urbana pela [[muralha|cerca]] Fernandina, a freguesia estava no entanto, localizada perto da grande muralha e de uma das suas mais importantes entradas, a porta de Santa Cruz.
 
Assim se manteve até ao século VIIIXVIII, sendo nessa altura a freguesia mais oriental e extra-muros da cidade de [[Lisboa]] e de grande extensão, contribuindo para isso a expansão da cidade para Oriente devido ao aumento populacional e onde se fixaram várias Quintas e Palácios Senhoriais. Datam de oitocentos, dois dos conjuntos religiosos mais importantes, a [[Igreja de Nossa Senhora da Porciúncula|Igreja Paroquial de Santa Engrácia]] (conhecida como [[Igreja de Nossa Senhora da Porciúncula]]) e o [[Convento dos Barbadinhos]] (mais tarde transformado em zona habitacional).
 
No século seguinte, uma reforma administrativa encurta o seu território, sendo que o [[Panteão Nacional]] que até então se localizava no seu território, deixa de o integrar para passar para a área administrada pela freguesia de [[São Vicente de Fora]].
10

edições