Diferenças entre edições de "Sidney Salkow"

1 390 bytes adicionados ,  19h35min de 28 de maio de 2009
sem resumo de edição
m (+ligações externas)
'''Sidney Salkow''' ([[Nova Iorque]], [[Nova_Iorque_(Estado)|Nova Iorque]], [[16 de junho]] de [[1909]] – Valley Village, [[California]], [[18 de outubro]] de [[2000]]) foi um [[cineasta]] [[estadunidense]], especializado em filmes de ação de baixo orçamento.
 
Apesar de formado em [[Direito]] pela [[Universidade Harvard]], Salkow começou sua vida profissional como assisitente de diretor no [[teatro]]. Em [[1932]] foi para [[Hollywood]], como [[roteirista]] e escritor de diálogos. Começou a dirigir produções B em [[1936]] para a [[Republic Pictures|Republic]] e [[Universal Pictures|Universal]]. A partir de [[1940]], já na [[Columbia Pictures|Columbia]], foi escalado para os filmes da [[filme B|série B]] The Lone Wolf. Com a experiência adquirida, passou para produções mais bem cuidadas, começando com ''As Aventuras de Martin Eden'' (The Adventures of Martin Eden), baseada em obra do [[escritor]] [[Jack London]], e ''Sacrifício de Pai'' (Flight Lieutenant), ambas de [[1942]] e estreladas por [[Glenn Ford]].
Formado em [[Direito]] pela [[Universidade Harvard]].<ref>QUILAN, David, '''The Illustrated Guide to Film Directors''', [[Londres]]: B. T. Batsford Ltd., [[1983]] (em inglês)</ref> <ref name="multipla">FILHO, Rubens Ewald, '''Dicionário de Cineastas''', [[São Paulo]]: Companhia Editora Nacional, [[2002]]</ref>
 
Salkow quase sempre conseguia fazer um filme parecer mais luxuoso do que o seu orçamento permitia. Exemplo disso são suas películas de [[capa-e-espada]], como ''A Sombra da Águia'' (Shadow of the Eagle, [[1950]]), ''O Falcão Dourado'' (The Golden Hawk, [[1952]]), e ''O Corsário dos Sete Mares'' (Raiders of the Seven Seas, [[1953]]). Dirigiu [[western|westerns]] pouco inspirados, fez ''[[suspense|thrillers]]'' e ainda dois filmes de [[Terror_(gênero)|terror]] com [[Vincent Price]], ''Nos Domínios do Terror'' (Twice-Told Tales, [[1963]]) e ''Mortos Que Matam'' (The Last Man on Earth, [[1964]]). Durante toda sua carreira trabalhou também na [[televisão]].<ref>QUILAN, David, '''The Illustrated Guide to Film Directors''', [[Londres]]: B. T. Batsford Ltd., [[1983]] (em inglês)</ref> <ref name="multipla">FILHO, Rubens Ewald, '''Dicionário de Cineastas''', [[São Paulo]]: Companhia Editora Nacional, [[2002]]</ref>