Diferenças entre edições de "Movimento (música)"

Sem alteração do tamanho ,  23h18min de 16 de junho de 2009
sem resumo de edição
As partes de uma [[composição musical]] podem ser denominadas '''movimentos'''. Normalmente as [[suíte]]s, [[sonata]]s, [[sinfonia]]s, [[concerto]]s e outras do gênero é que possuem suas partes divididas em "movimentos".
 
Obras que contém mais de uma música (ou mais de uma parte musical) geralmente classificam suas partes como movimentos. Este termo vem desde o renascimento (e talvez antes) sendo usado especialmente, nesta época, para as [[suíte]]s que possuimpossuem muitas partes onde cada qual era um movimento distinto (com forma de composição diferenciada).
 
Dividir as músicas em movimentos ajudou a composição, a dança, a interpretação e a compreensão de peças longas ou peças cujas partes tem contrastes muito grandes. Numa suíte (o [[Quebra Nozes]] de [[Tchaikovsky]], por exemplo) cada cena corresponde a um movimento: uma música especial, uma dança e uma história que será outra coisa (porém com o tema comum) no próximo movimento.
Utilizador anónimo