Diferenças entre edições de "Filtro passa-faixa"

4 bytes adicionados ,  03h37min de 22 de junho de 2009
sem resumo de edição
m (Bot: Adicionando: uk:Смуговий фільтр)
Um '''filtro passa-faixa''' é um dispositivo que permite a passagem das [[frequência]]s de uma certa faixa e rejeita ([[wikt:atenuação|atenua]]) as frequências fora dessa faixa. Um exemplo de um filtro passa-faixa [[analógico]] é o [[circuito RLC]] (um [[circuito]] [[resistor]]-[[indutor]]-[[capacitor]]). Estes filtros também podem ser obtidos através da combinação entre um [[filtro passa-baixas]] e um [[filtro passa-altas]].
 
Um filtro ideal possuiria um banda passante totalmente plana (sem atenuação), e iria atenuar completamente todas as frequências fora desta banda. Adicionalmente, a transição para fora da banda seria instantânea em frequência. Na prática, nenhum filtro passa-faixa é ideal. O filtro não atenua todas as frequências fora da faixa desejada; existe uma região em particular fora da banda desejada em que as frequências são atenuadas, mas não rejeitadas. Este é conhecido como o [[roll-off]] do filtro, e é geralmente expresso em [[decibel|dB]] de atenuação por [[oitava]] de frequência. Geralmente, o projeto de um filtro busca tornar o roll-off o mais seletivo possível para que posteriormente o filtro trabalhe o mais próximo do desejado. Entretanto, conforme o roll-off é tornado mais seletivo, a banda passante não é mais plana, ela começa a produzir um 'ripple'. Este efeito é particularmente aparente na queda da banda passante, um efeito conhecido com [[fenômeno de Gibbs]].
 
Além do processamento de sinais, um outro exemplo de uso dos filtros passa-faixas é nas [[ciências da atmosfera]]. É comum filtrar os dados [[Meteorologia|meteorológicos]] com uma faixa de [[periodicidade|período]] de, por exemplo, 3 a 10 [[dia]]s, de modo que apenas os [[ciclone|ciclones]] permanecam como flutuações nos campos de dados.
Utilizador anónimo