Détente: diferenças entre revisões

160 bytes removidos ,  16h42min de 28 de junho de 2009
Reversão de 1 edição de 189.112.43.1 para a última edição de JAnDbot (Huggle)
(Reversão de 1 edição de 189.112.43.1 para a última edição de JAnDbot (Huggle))
O termo é mais freqüentemente utilizado em referência à redução geral de tensão entre a [[União Soviética]] e os [[Estados Unidos da América]] durante a [[Guerra Fria]], ocorrido no final da [[década de 1960]] (após a [[Crise dos mísseis de Cuba]]) até o início dos [[década de 1980|anos 1980]]. A ''détente'' avançou paulatinamente até os Encontros de Cúpula de [[Encontro de Cúpula de Reykjavík|Reykjavík]], em [[1986]], e de [[Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário|Washington]] (''Intermediate-Range Nuclear Forces Treaty''), em ([[1987]]), quando [[Ronald Reagan]] e [[Gorbatchev]] assinaram o fim da Guerra Fria. Há, todavia, quem defenda que a Guerra Fria continuou ''de facto'' até o colapso e conseqüente dissolução da URSS em [[1991]].
 
O détente também pôde ser um modo de tentativa de interromper a guerra fria por algum caso de a guerra se tornar algo real e realmente perigoso para o mundo
{{esboço-diplomacia}}
 
45 496

edições