Diferenças entre edições de "Carro sobre lagarta anfíbio"

271 bytes removidos ,  18h25min de 21 de julho de 2009
sem resumo de edição
m (Bot: Removendo: ms:Kenderaan Serang Afimbia)
[[Imagem:AAV-australia.jpg|thumb|300px|thumb|300px|right|Dois AAV7 norte-americanos emergindo do mar]]
[[Imagem:USS Fort McHenry;10124305.jpg|thumb|300px|right|AAV7 na doca alagável do USS Fort Henry]]
'''Carro sobre Lagarta Anfíbio (CLAnf)''' ou '''AAV7''' é um Veículo Blindado Transporte Pessoal fabricado pela BAE Systems /FMC-United Defense nos [[Estados Unidos da América]]. É empregado, entre outros, pelo [[United States Marine Corps]] (USMC) e pelo [[Corpo de Fuzileiros Navais do Brasil]] em desembarques anfíbios, dando proteção e mobilidade aos Fuzileiros Navais. Foi inicialmente chamado de LVTP7 e surgiu como substituto do então obsoleto LVTP5.
 
O '''Carro sobre Lagarta Anfíbio (CLAnf)''' ou '''AAV7AAV7A1''' é um Veículo[[veículo Blindadoblindado Transportede Pessoaltransporte fabricadode pessoal]] desenvolvido pela [[BAE Systems /FMC-United Defense]] nos [[Estados Unidos da América]]. É empregado, entre outros, pelo [[United States Marine Corps]] (USMC) e pelo [[Corpo de Fuzileiros Navais do Brasil]] em desembarques anfíbios, dando proteção e mobilidade aos Fuzileiros Navais. Foi inicialmente chamado de LVTP7 e surgiu como substituto do então obsoleto LVTP5.
O AAV7 guarda grande similaridade com o veículo de combate de infantaria Bradley. Pode ser imaginado como uma versão do Bradley, porém anfíbio, feito e pensado para ser desembarcado a alguma distância da costa e dar proteção aos fuzileiros navais e tropas a atacar uma praia.
 
O AAV7AAV7A1 guarda grande similaridade com o veículo de combate de infantaria [[Bradley]]. Pode ser imaginado como uma versão do Bradley, porém anfíbio, feito e pensado para ser desembarcado a alguma distância da costa e dar proteção aos fuzileiros navais e tropas a atacar uma praia.
 
No entanto, cedo se verificou que o veículo, sendo embora eficiente no que diz respeito a proteção durante o desembarque, era muito pouco protegido e blindado, para permitir a sua utilização segura, no decurso de uma operação em que fosse necessário prosseguir para o interior. O principal problema é a vulnerabilidade do veículo a equipamentos como os [[Lança-granadas-foguete|Lança Granada-Foguete]] do tipo RPG-7 e outros. Para reduzir os problema, a blindagem foi redesenhada dando origem ao AAV7-A1, diversas unidades antigas foram atuaizadas para o novo padrão.
 
==OperatoresOperadores==
 
* {{flagicon|USA}} [[Estados Unidos da América]] - 1311
* {{flagicon|ArgentinaARG}} [[Argentina]] - 21 LVTP7s, cerca de 10 atualizados localmente.
* {{flagicon|BrazilBRA}} [[Brasil]] - 556 AAV-7A1 ,9 LVTP-7A1, 2 LVTC-7A1 e 1 LVTR-7A1
* {{flagicon|CambodiaKMN}} [[Camboja]] - 63 AAVT-7s, (12 AAVTC-7 +1AAVTR-7 +9AAVTP-7).
* {{flagicon|ItalyITA}} [[Itália]] - 35 LVPT7s, 25 atualizados para o padrão AAV-7A1 standard.
* {{flagicon|South KoreaKOR}} [[Coréia do Sul]] - 162
* {{flagicon|ROCTWN}} [[Taiwan]] - 54
* {{flagicon|SpainSPA}} [[Espanha]] - 16
* {{flagicon|ThailandTHA}} [[Tailândia]] - 24
* {{flagicon|VenezuelaVEN}} [[Venezuela]] - 11 AAVT-7s, (1 AAVTC-7 +1AAVTR-7 +9AAVTP-7).
 
[[Categoria:Veículos blindados de transporte de pessoal]]
1 605

edições