Diferenças entre edições de "Onicocriptose"

117 bytes removidos ,  00h59min de 22 de julho de 2009
sem resumo de edição
OA nome científico da "unha'''Unha encravada"''', éou [[onicocriptose]], ocorre quando a borda lateral da [[unha]] fere a pele adjacente. As causas mais prováveis são o corte de maneira incorreta das unhas e sapatos apertados. Ocorre mais comumente nas unhas dos pés mas também raramente afeta as mãos. O dedo mais atingido é o [[hálux]], o dedão do pé.
'''CAUSA'''
----
 
A maneira correta de cortar as unhas é aparar apenas a borda anterior da [[placa ungueal]] (unha) e jamais cortar suas bordas laterais. Se as bordas laterais forem deformadas, as irregularidades criadas pelo corte incorreto associadas à pressão do sapato, ao peso corpo e ao sentido do crescimento da unha farão com que haja lesão da pele circunvizinha. Deve-se evitar também cortar as unhas muito curtas, deixá-las retas em sua borda anterior, não tentar "arredondar" o corte em direção às bordas laterais. Se não tratada, pode formar um [[granuloma piogênico]], onde existe um acúmulo de [[pus]], e a [[pele]] ao redor fica inflamada ([[dor]], rubor, calor e [[edema]]).
O nome científico da "unha encravada" é [[onicocriptose]], ocorre quando a borda lateral da [[unha]] fere a pele adjacente. As causas mais prováveis são o corte de maneira incorreta das unhas e sapatos apertados. Ocorre mais comumente nas unhas dos pés mas também raramente afeta as mãos.
O dedo mais atingido é o [[hálux]], o dedão do pé.
 
Em caso de infecção secundária pode ser necessário o uso de [[antibióticos]] tópicos e por [[via oral]] e [[anti-inflamatórios não esteróides]]. Certos pacientes possuem uma tendência a ter unhas encravadas e [[granuloma piogênico]], sendo necessário uma cirurgia de reconstrução chamada de [[cantoplastia]] ou [[matrissectomia]] que consiste em remoção da borda lateral afetada até a raiz, da borda da pele e do granuloma. O granuloma piogênico, quando pequeno, pode ser tratado com eletrocauterização ou cauterização química. Em casos mais graves é recomendado procurar por um [[dermatologista]], que poderá tratar a doença corretamente. Há tratamentos para unhas encravadas feitos por [[Podólogos]]. Um dos mais comuns é feito colando uma haste de plástico em cima do dedo para mudar o formato da unha.
 
'''PREVENÇÃO'''
----
A maneira correta de cortar as unhas é aparar apenas a borda anterior da [[placa ungueal]] (unha) e jamais cortar suas bordas laterais. Se as bordas laterais forem deformadas, as irregularidades criadas pelo corte incorreto associadas à pressão do sapato, ao peso corpo e ao sentido do crescimento da unha farão com que haja lesão da pele circunvizinha. Deve-se evitar também cortar as unhas muito curtas, deixá-las retas em sua borda anterior, não tentar "arredondar" o corte em direção às bordas laterais.
 
 
'''SINAIS E SINTOMAS'''
----
Se não tratada, pode formar um [[granuloma piogênico]], onde existe um acúmulo de [[pus]], e a [[pele]] ao redor fica inflamada ([[dor]], rubor, calor e [[edema]]).
 
 
'''TRATAMENTO'''
----
Em caso de infecção secundária pode ser necessário o uso de [[antibióticos]] tópicos e por [[via oral]] e [[anti-inflamatórios não esteróides]]. Certos pacientes possuem uma tendência a ter unhas encravadas e [[granuloma piogênico]], sendo necessário uma cirurgia de reconstrução chamada de [[cantoplastia]] ou [[matrissectomia]] que consiste em remoção da borda lateral afetada até a raiz, da borda da pele e do granuloma. O granuloma piogênico, quando pequeno, pode ser tratado com eletrocauterização ou cauterização química.
 
Em casos mais graves é recomendado procurar por um [[dermatologista]], que poderá tratar a doença corretamente.
 
Há tratamentos para unhas encravadas feitos por [[Podólogos]]. Um dos mais comuns é feito colando uma haste de plástico em cima do dedo para mudar o formato da unha.
 
[http://www.footphysicians.com/footankleinfo/ingrown-toenail.htm][http://www.dermatologia.net/neo/base/doencas/unhaencravada.htm]
3 831

edições