Diferenças entre edições de "Prescrição médica ilegível"

61 bytes removidos ,  10h18min de 28 de julho de 2009
Checkwiki utilizando AWB
m
(Checkwiki utilizando AWB)
 
==Considerações na medicina==
O [[Conselho Federal de Medicina]] do Brasil (CRM) publicou a Resolução nº 1.601/2000 que, em seu artigo 39, determina que as receitas médicas sejam escritas por extenso e de forma legível.<ref>[http://www.acessa.com/consumidor/arquivo/seusdireitos/2004/06/04-aparecida/ Seus Direitos: Letra de Médico]</ref> Além disso, tem-se ainda o [[Código de Ética Médica]], que em seu terceiro capítulo trata da responsabilidade profissional, proibindo o médico de receitar ou atestar de forma secreta ou ilegível. Não são raros os médicos multados por receitarem de forma ilegível.<ref>[http://www.cruzeirodosul.inf.br/materia.phl?editoria=44&id=185604 Jornal Cruzeiro do Sul: Letra de Médico]</ref><ref name="www1.folha.uol.com.br">[http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u562935.shtml Folha: Letra ilegível rende multa a médicos de Londrina (PR)]</ref>
De acordo com um conselheiro do CRM do Brasil:
{{quote2|''No bom exercício da medicina está preconizado a letra legível do médico. A letra ilegível pode pôr em risco o atendimento dos pacientes''.|Donizetti Berardino Filho, conselheiro do CRM<ref>[http:// name="www1.folha.uol.com.br"/folha/cotidiano/ult95u562935.shtml Folha: Letra ilegível rende multa a médicos de Londrina (PR)]</ref>}}
 
Cabe notar que, no ano de [[2009]], entrou em vigor no estado brasileiro de [[Rondônia]] a lei estadual 2058/09, não só instituindo multa para os médicos que não emitirem receitas em letra legível, mas ainda elevando o valor normalmente cobrado. As multas, por exemplo, podem chegar até 200 [[UFIR]] (Unidade Fiscal de Referência), enquanto no Paraná as multas são de, no máximo, 36 [[UFFI]] (Unidade Fiscal do Município).<ref>[http://rondoniadinamica.com/ler.php?id=5458&edi=1&sub=7 Rondônia Dinâmica: Medicina de Rondônia:Médicos são orientados sobre emissão de receitas]</ref>
 
==Estatísticas==
De acordo com um levantamento de Julho de 2006 feito pela ''National Academies of Science's Institute of Medicine'' (IOM),<ref>[http://www.time.com/time/health/article/0,8599,1578074,00.html?cnn=yes Time: Cause of Death: Sloppy Doctors]</ref>, nos [[Estados Unidos]], a má escrita dos médicos mata mais de 7.000 pessoas e erros médicos preveníveis causam danos a mais de 1,5 milhão de pessoas anualmente. Muitos destes erros resultam de abreviações e indicações de dosagem mal escritas e da escrita ilegível em algumas das 3,2 bilhões de prescrições escritas anualmente no Estados Unidos.
 
=={{LinksLigações externas}}==
*[http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u562935.shtml Folha: Letra ilegível rende multa a médicos de Londrina (PR)]
 
{{ref-section}}
 
{{seminterwiki}}
 
[[Categoria:Medicina]]
[[Categoria:Caligrafia]]
 
{{seminterwiki}}