Diferenças entre edições de "Victor Nunes Leal"

100 bytes adicionados ,  16h54min de 24 de agosto de 2009
sem resumo de edição
m
'''Victor Nunes Leal''' nasceu em [[Alvorada]], município de [[Carangola]], [[11 de novembro]] de [[1914]] e faleceu no [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]], [[17 de maio]] de [[1985]]) foi um [[jurista]] [[brasil]]eiro, ministro do [[Supremo Tribunal Federal]].
 
Contemporâneo de [[Paulo Mercadante]], bacharelou-se em Ciências Jurídicas e Sociais pela [[Faculdade Nacional de Direito]] da [[Universidade do Brasil]], atualmente [[Universidade Federal do Rio de Janeiro]]/[[UFRJ]] em 1936.
 
Colaborou com [[Pedro Baptista Martins]] na elaboração do Código de Processo Civil de 1939.
 
Em 1947 defendeu tese para ingresso como professor na [[Faculdade Nacional de Filosofia]] da [[Universidade do Brasil]], hoje [[UFRJ]], com a tese [[O municipalismo e o regime representativo no Brasil - uma contribuição para o estudo do coronelismo]]. A tese foi publciada com o nome comercial de [[Coronelismo, enxada e voto]] pela [[Forense Editora]], em 1948. A tese analisa as raízes do fenômeno [[coronelismo|coronelista]] brasileiro. Da edição publciada 150 exemplares foram editados em versão acadêmica com o título original da tese e se trata de obra raríssima.
Utilizador anónimo