Diferenças entre edições de "Rio Kolimá"

35 bytes adicionados ,  07h15min de 31 de agosto de 2009
m
Bot: Adicionando: bn:কোলিমা নদী; mudanças triviais
m (Bot: Adicionando: ro:Kolyma)
m (Bot: Adicionando: bn:কোলিমা নদী; mudanças triviais)
A bacia do Kolyma consiste em extensas montanhas no sul e leste, elevando-se até aos 2.998 m do [[Monte Chen]] na [[Cordilheira de Cherskii]], e a extensa planície do Kolyma no norte, onde desagua no [[Mar da Sibéria Oriental]] descarregando 4.060 m<sup>3</sup>/s.
 
Fica congelado até vários metros de profundidade na maior parte do ano, degelando em princípios de Junho, e voltando a congelar em Outubro. Este rio é o habitat de [[lúcio]], [[perca]], [[salmão]] e [[tímalo americano]] (''Thymallus Arcticus''). Em terra podemos ver [[alce]]s, [[urso|urso]]s, [[muflão|muflões]], [[rena|renas selvagens]], e, nas aves, [[Gruidae|grous]] brancos e cinzentos e outras espécies raras.
 
[[Seymchan]], [[Zyryanka]], [[Srednekolymsk]] e [[Chersky]] são os lugares mais povoados ao longo do rio. Infelizmente a bacia do Kolyma é mais conhecida pelos campos de trabalho para escravos (os [[gulag]]s), activos até 1956 e pelas minas de ouro, ambos extensamente documentados desde a abertura dos arquivos da era soviética de Estaline.
[[ImagemFicheiro:Kolymarivermap.png|thumb|300 px|right|Mapa do Rio Kolyma]]
 
== {{Ligações externas}} ==
{{Commonscat|Kolyma}}
* [http://earthtrends.wri.org/maps_spatial/maps_detail_static.cfm?map_select=358&theme=2 Informação e mapa da bacia do Kolyma]
 
[[be:Рака Калыма]]
[[bn:কোলিমা নদী]]
[[bs:Kolima]]
[[cs:Kolyma]]
410 009

edições