Diferenças entre edições de "Holismo"

1 194 bytes adicionados ,  17h25min de 28 de setembro de 2009
sem resumo de edição
De uma forma ou de outra, o princípio do holismo foi discutido por diversos pensadores ao longo da História. Entretanto, o primeiro filósofo que o instituiu para a [[ciência]] foi o francês [[Auguste Comte|Augusto Comte]] ([[1798]]-[[1857]]), ao instituir a importância do espírito de conjunto (ou de síntese) sobre o espírito de detalhes (ou de análise) para uma compreensão adequada da ciência em si e de seu valor para o conjunto da existência humana.
 
O método holístico de valoração do fundo de comercio, tem origem na “teoria pura da contabilidade”, e tem como elemento de entrada o lucro ou prejuízo líquido, média aritmética do resultado líquido contábil dos três últimos anos, corrigido monetariamente, o qual deve ser sempre ajustado pela exclusão ou inclusão de varias rubricas, de modo a refletir o resultado do negocio. Resultado este que se denomina de lucro normalizado. Sendo que este lucro normalizado, ajustado, é a base de cálculo para o retorno do capital investido, superlucro, que é obtido por um retorno superior a 6 % do ativo operacional. A parcela desse retorno de capital superior a 6%, aqui denominado de Fundo de Comércio, deve ser multiplicado pelo número de anos que se espera como retorno confiável. Esse prazo tem ainda como âncora o prazo médio do indicativo de atratividade. Este valor do fundo de comercio atribuído a vários anos, deve ser a valor presente a uma taxa de juros de 12% a.a Podendo surgir a figura do going value, que tem o sentido de indicar o valor da continuidade dos negócios pela sua perpetuidade. Ou seja: com o amparo no princípio contábil da continuidade.
{{esboço-filosofia}}
 
Utilizador anónimo