Diferenças entre edições de "Província Ocidental (Açores)"

46 bytes adicionados ,  11h12min de 5 de outubro de 2009
m
acerto de links
(clean up, Replaced: orgão → órgão (3), utilizando AWB)
m (acerto de links)
A primeira '''Província Ocidental dos Açores''' foi criada em [[28 de Junho]] de [[1833]], na sequência da cisão, em duas entidades separadas, da anterior [[Província dos Açores]], que havia sido criada pela reforma administrativa de [[1832]].
 
A [[província]] tinha sede em [[Angra do Heroísmo|Angra]] e incluía as ilhas [[Terceira]], [[Faial]], [[Flores]], [[Ilha de São Jorge|São Jorge]], [[Ilha do Corvo|Corvo]], [[Graciosa]] e [[Ilha do Pico|Pico]].
 
A Província Ocidental dos Açores resultou do facto dos habitantes da ilha de [[São Miguel]] não quererem estar subordinados, numa mesma entidade, à ilha Terceira. Durante o curto espaço de tempo que antecedeu a cisão, o [[arquipélago dos Açores]] formava uma única província, com um [[prefeito]] e uma [[junta geral]] sedeados em Angra, que simultaneamente era a capital provisória de [[Portugal]], estando aí exilado o governo liberal. A ilha de S. Miguel estava incorporada na [[comarca]] de [[Ponta Delgada]], com um [[subprefeito]] subordinado ao prefeito de Angra. Com a cisão, as ilhas de S. Miguel e de [[Santa Maria]] formaram a [[Província Oriental dos Açores]] e, as restantes ilhas, a Província Ocidental.