Diferenças entre edições de "Teatro Garrett"

309 bytes adicionados ,  14h48min de 9 de outubro de 2009
sem resumo de edição
|capacidade = 485
}}
'''Teatro Garrett''' é um [[teatro]] localizado na cidade da [[Póvoa de Varzim]], em [[Portugal]]. Localiza-se junto ao [[Largo David Alves]] no número 13 na que é hoje denominada rua José Malgueira, antiga rua da Senra. Foi o primeiro teatro da Póvoa de Varzim, surgiu noem último quartel do século XIX1873 e foi o que teve maior impacto social e longevidade. O edifício actual data de 1890. Em meados do século XX, com a popularidade dos cinemas, passou a designar-se '''Cine-Teatro Garrett''', se bem que tenha sido sempre conhecido apenas como '''Garrett'''.
 
==História==
O Teatro Garrett surgiu por iniciativa de uma sociedade de cinco cidadãos do [[Porto]], que levou à edificação do teatro num elegante edifício de madeira em 22 de Agosto de 1873.<ref name="monograf">{{Referência a livro | autor = Baptista de Lima, João | título = Póvoa de Varzim - Monografia e Materiais para a sua história | editora = Na Linha do horizonte - Biblioteca Poveira CMPV | ano = 2008}}</ref> O Teatro homenageia [[Almeida Garrett]], impulsionador do teatro em Portugal, cuja ligação à Póvoa advém do seu amigo pessoal, o poveiro [[Francisco Gomes de Amorim]]. Na sua estadia na Póvoa, Garrett encontrou inspiração para escrever [[Frei Luís de Sousa]].<ref name="monograf"/> A popularidade da Póvoa de Varzim como eminente instância balnear, leva à construção de um novo edifício para o teatro, o presente, em 1890.
 
Um espaço fundamental para a sociedade poveira da época, com impacto também no Norte de Portugal, que à Póvoa vinham a banhos, muitos foram os que assistiram ali, pela primeira vez nas suas vidas, a peças de teatro, cinema e concertos. OVárias acções benemO monumento ao [[Cego do Maio]], um herói local condecorado pelo Rei [[Luis I de Portugal|D. Luís I]], daéritas foram ali organizadas, uma das mais antigas esculturas da Póvoa de Varzim, a estátua ao Cego do Maio de 1906, foi construída com o dinheiro necessário obtido localmente por meio de subscrições e de espectáculos organizados pelo [[Clube Naval Povoense]] no Teatro Garrett.
 
===O Orfeon Povoense===
 
===A recuperação===
A 15 de Setembro de 2008, aproveitando um momento menos bom na construção civil nacional, mas positiva financeiramente na cidade com as receitas municipais a aumentarem mais de 50% entre 2005 e 2007, foi finalmente adjudicada a recuperação e valorização do Garrett, por quatro milhões e 300 mil euros, um valor mais baixo do que o valor base do concurso, na ordem dos cinco milhões e 400 mil euros. A obra arrancaria nos próximos 30 dias.<ref name="CMPV"/> No entanto, com a crise financeira mundial, come as dificuldades financeiras da construtora e o atraso na chegada das verbas do Fundo de Turismo (dos impostos da concessão de jogo do [[Casino da Póvoa]]), que financiarão 50% da empreitada, levam a que a requalificação esteja bloqueada até dia 14 de Setembro de 2009, um ano depois.
 
==Projecto de recuperação==
A intervenção pretende-se recuperar a imagem de sala de espectáculos, vocacionada para a apresentação de teatro e dança, espectáculos de música ou até para a projecção de filmes de carácter não comercial, mantendo as características essenciais do edifício, com a recuperação da fachada, mas adequada às exigências contemporâneas do público.<ref name="RTP">[http://tv1.rtp.pt/noticias/?article=167087&visual=3&layout=10 Autarquia vai reabilitar Cine-Teatro Garrett] - RTP</ref>
 
A reestruturação do edifício, passou pelo redimensionamento da própria sala de espectáculos para anfiteatro com a demolição do primeiro balcão, e reorganização do segundo balcão, cuja capacidade total passapassou a 485 lugares sentados, mantendo os 32 lugares nos camarotes das varandas laterais. O projecto prevê a criação de uma sala de apoio para recepções ou eventos de menor escala e a criação de novos camarins, a reestruturação geral do palco e das áreas técnicas. Ao nível da cobertura, será criada uma zona de bar e esplanada virada para os telhados do casario do centro da cidade para uso regular de forma a voltar a criar hábitos do uso do equipamento entre a população.<ref name="CMPV"/>
 
{{refsection}}
10 860

edições