Diferenças entre edições de "Fernando Sabino"

211 bytes adicionados ,  19h00min de 12 de outubro de 2009
sem resumo de edição
Durante a adolescência, foi locutor de programa de rádio e começou a colaborar regularmente com artigos, [[crônica]]s e [[conto]]s em revistas da cidade, conquistando prêmios em concursos.
 
No início da [[década de 1940]], começou a cursar a Faculdade de [[Direito]] e ingressou no jornalismo como redator da [[Folha de Minas]]. O primeiro livro de contos, ''Os grilos não cantam mais'', foi publicado em [[1941]], no Rio de Janeiro. quando o autor tinha apenas dezoito anos, e sendo que alguns contos do livro foram escritor quando Fernando Sabino contava apenas quatorze anos.
 
Tornou-se colaborador regular do jornal [[Correio da Manhã (Brasil)|Correio da Manhã]], onde conheceu [[Vinicius de Moraes]], de quem se tornou amigo.
 
Mudou-se para o Rio de Janeiro em [[1944]]. Depois de se formar em Direito na Faculdade Federal do Rio de Janeiro em [[1946]], viajou com Vinicius de Moraes aos [[Estados Unidos da América]], onde morou por dois anos em [[Nova Iorque]] com sua primeira esposa Helena Sabino e a primogenita Eliana Sabino.
 
[[O encontro marcado]], uma de suas obras mais conhecidas, foi lançada em [[1956]], ganhando edições até no exterior, além de ser adaptada para o [[teatro]]. Sabino decidiu, então ([[1957]]), viver exclusivamente como escritor e jornalista. Iniciou uma produção diária de [[crônica]]s para o [[Jornal do Brasil]], escrevendo mensalmente também para a revista [[revista Senhor|Senhor]].
196

edições