João de Almada e Melo: diferenças entre revisões

ajustes + WP:CheckWP
(ajustes + WP:CheckWP)
'''João de Almada e Melo''' ([[Troviscoso]], [[Monção (Portugal)|Monção]], [[15 de Agosto]] de [[1703]] - [[Porto]], [[30 de Outubro]] de [[1786]]) foi o grande obreiro da expansão urbana da cidade do Porto no [[século XVIII]] e o principal responsável pela organização do espaço a que hoje em dia designamos por [[Baixa do Porto]], em [[Portugal]].
 
===Biografia===
Nascido no [[Alto Minho]], no seio de uma família com grandes tradições na carreira de armas, João de Almada e Melo não fugiu à regra tendo assentado praça aos 15 anos em [[Viana do Castelo]]. Em [[1735]] ascendeu ao posto de [[capitão]], sendo destacado para [[Portalegre (Portugal)|Portalegre]]. Passou ainda pelas praças de Monção e [[Elvas]] até que, em [[1745]], foi promovido a [[coronel]] e colocado à frente do regimento de [[Cascais]].
 
João de Almada e Melo morreu a 30 de Outubro de 1786, sendo levado a sepultar na Igreja Matriz de Monção.
 
===Obras===
O período entre 1758 e 1786, João de Almada e Melo conseguiu transformar a cidade, colocando o Porto às portas da modernidade. Procedeu à abertura, prolongamento, rectificação ou grande melhoramento, entre outros, dos seguintes arruamentos e logradouros:
 
* [[Rua de Cedofeita]];
* [[Rua de Santa Catarina]];
* [[Rua de São João]];
* Rua Direita (hoje [[Rua de Santo Ildefonso]]);
* [[Praça da Ribeira]];
* Praça de São Roque, demolida aquando da construção da [[Rua de Mouzinho da Silveira]];
* Rua Nova das Hortas (troço inicial da [[Rua do Almada]]).
 
Por sua iniciativa foram construídos grandes edifícios públicos, entre os quais:
 
* [[Hospital de Santo António]];
* [[Casa da Feitoria Inglesa]];
* Real Academia da Marinha e do Comércio (hoje edifício da [[Reitoria da Universidade do Porto]]) .
 
 
{{Esboço-personalidades-gdpt}}
{{biografias}}
 
{{Esboço-personalidades-gdpt}}
 
[[Categoria:Personalidades do Grande Porto]]
10 380

edições