Diferenças entre edições de "Análise de sensibilidade"

1 047 bytes removidos ,  15h09min de 19 de outubro de 2009
 
1. Fonte: Carlos Barros, Decisões de investimento e Financiamento de Projectos.
 
==Exemplo==
 
A projeção de uma empresa para o ano t=1 é de uma receita de R$50.000. Seus custos fixos são de R$10.000 e os custos variáveis representam 40% da receita. Além disto a empresa paga comissão de vendas de 10% e possui despesas administrativas de R$6.000. O lucro é facilmente determinado:
 
Lucro = Receita – Custos Fixos – Custos Variáveis – Despesas de Comissão – Despesa Administrativa
 
Lucro = R$50.000 – 10.000 – 40% x 50.000 – 10% x 50.000 – 6.000 = 9.000
 
Uma análise de sensibilidade típica pode tentar verificar o efeito da variação de 10% da receita no valor do lucro. Considere, portanto, que a receita aumenta para R$55.000:
 
Novo Lucro = R$55.000 – 10.000 – 40% x 55.000 – 10% x 55.000 – 6.000 = 11.500
 
Ou seja, um aumento de 28% ou [(11.500/9000) – 1] x 100.
 
Este é um exemplo simples de analise de sensibilidade. A situação pode ser mais complexa quando se utiliza distribuições de probabilidades para cada uma das variáveis e mudanças conjuntas nas variáveis estudadas.
 
[[Categoria:Finanças]]
29

edições