Diferenças entre edições de "Antiga teoria quântica"

63 bytes adicionados ,  21h47min de 27 de outubro de 2009
Checkwiki (053) + Ajustes utilizando AWB
m (Removendo categoria "Física"; Adicionando "Física moderna" (usando HotCat))
(Checkwiki (053) + Ajustes utilizando AWB)
 
A antiga teoria quântica sobrevive como uma técnica de aproximação na mecânica quântica, chamada de [[método WKB]]. Aproximações semi-clássicas foram um popular objeto de estudos no anos 70 e 80.
 
 
== História ==
 
A antiga teoria quântica foi iniciada pelo trabalho de [[Max Planck]] na emissão e absorção de luz, e começou para valer após o trabalho de [[Albert Einstein]] nos calores específicos dos sólidos. Einstein, seguido por Debye, aplicou princípios quânticos ao movimento de átomos, explicando a anomalia do calor específico.
 
 
== Princípios básicos ==
 
A ideia básica da antiga teoria quântica é a de que o movimento em um sistema atômico é quantizado, ou discreto. O sistema obedece à mecânica clássica exceto que que nem todo movimento é permitido, apenas aqueles que obedecem a ''antiga condição quântica'':
 
 
== Ondas de De Broglie ==
 
Em 1905, Einstein percebeu que a entropia dos osciladores eletromagnéticos quantizados dentro de uma caixa é, para pequenos comprimentos de onda, igual à entropia de um gás de partículas pontuais na mesma caixa. O número de partículas pontuais é igual ao número de quanta. Einstein concluiu que os quanta eram objetos localizáveis, partículas de luz, e os chamou de [[fótons]].
 
Essas ideias levaram ao desenvolvimento da [[equação de Schrödinger]].
 
{{física-rodapé}}
 
{{Portal3|Ciência|Física}}
 
{{DEFAULTSORT:Antiga Teoria Quantica}}
{{física-rodapé}}
[[Categoria:Física moderna]]
 
[[de:Alte Quantentheorien]]
[[ja:前期量子論]]
[[zh:舊量子論]]
 
[[Categoria:Física moderna]]