Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 05h18min de 10 de dezembro de 2009
sem resumo de edição
Name = Michele Alboreto |
Image = |
Nationality = {{flagicon|Italy}} [[Italiana]] |
Years = [[Temporada de Fórmula 1 de 1981|1981]] – [[Temporada de Fórmula 1 de 1994|1994]]|
Team(s) = 6 ([[Tyrrell]], [[Ferrari]], [[Larrousse]], [[Arrows]], [[Scuderia Italia]], e [[Minardi]]) |
Races = 215217 (194 largadas) |
Championships = 0 (2º em 1985)|
Wins = 5 |
Podiums = 23 |
Poles = 2 |
Fastest laps = 5 |
First race = {{flagicon|San Marino}} [[Grande Prêmio de San Marino de 1981 (Fórmula 1)|Grande Prêmio de San Marino, deÍmola, 1981]] |
First win = {{flagicon|EUA}} [[Grande Prêmio de Las Vegas de 1982 (Fórmula 1)|Grande Prêmio de Las Vegas, deCaesars Palace-Estados Unidos, 1982]] |
Last win = {{flagicon|Germany}} [[Grande Prêmio da Alemanha de 1985 (Fórmula 1)|Grande Prêmio da Alemanha, deNürburgring, 1985]] |
Last race = {{flagicon|Australia}} [[Grande Prêmio da Austrália de 1994 (Fórmula 1)|Grande Prêmio da Austrália, deAdelaide, 1994]] |
}}
'''Michele Alboreto''' ([[Milão]], [[23 de dezembro]] de [[1956]] - [[Oberspreewald-Lausitz]], [[25 de abril]] de [[2001]]) foi um piloto [[italiano]] de [[Fórmula 1]].
Enzo Ferrari contrata Alboreto para a temporada de [[1984]]. Pilotar para o time de Maranello era seu grande sonho e a primeira vitória com a Ferrari acontece no [[Grande Prêmio da Bélgica]], em [[Zolder]]. Michele Alboreto termina a temporada na quarta colocação, passando a ser muito popular na Itália.
 
Entretanto, seu último grande ano na Ferrari aconteceu na temporada de 1985, quando se tornou vice-campeão da Fórmula 1. Alboreto realizava grande campanha e havia vencido no [[Canadá]] e na [[Alemanha]]. Os "tifosi" lotaram as arquibancadas de Monza para acompanhar o [[Grande Prêmio da Itália]]. Todos tinham esperança na vitória da máquina e do piloto da casa, que não acontecia desde a vitória de [[Ludovico Scarfiotti]] em [[1966]]. O sonho durou 45 voltas e Alboreto abandonou a corrida com problemas no motor. No [[Grande Prêmio da Bélgica]] em [[Spa-Francorchamps]], abandonou na 3ª volta com problemas na embreagem. Era hora de reagir, já que não pontuou em duas provas e a diferença para o líder [[Alain Prost]] ia para 16 pontos. No [[Grande Prêmio da Europa]], em [[Brands Hatch]], na [[Inglaterra]], o piloto italiano largou na 15ª posição. Completa a primeira volta em 9º lugar. Chegou a estar em 6º por duas voltas. Percebendo que não conseguia acompanhar o ritmo dos líderes e de Prost, masAlboreto nasvai voltaspara seguintesos começouboxes colocar novo jogo de pneus; com a perdertroca, váriaso piloto retorna ao circuito nas últimas posições.; Oa sua tentativa de alcançar os líderes não durou nem duas voltas, porque o Turbo do motor Ferrari do seu carro não agüentouaguentou, chegando a sair fogo na parte traseira do aerofólio. A torcida que estava no autódromo e em seus lares não acredita no que estava vendo. O piloto consegue levar o seu carro em chamas até os boxes. Os bombeiros com seus extintores consegue apagá-lo. O francês Alain Prost, sem nenhum problema, consegue terminar a corrida em 4º lugar conquistando o campeonato. A chance de ser o segundo piloto campeão pela [[Scuderia Ferrari|Ferrari]] acabou; a última aconteceu em [[1953]] com [[Alberto Ascari]], além de ser o terceiro piloto como o de [[Giuseppe Farina]] em [[1950]] e os dois do próprio Ascari em [[1952]]-53 e o quarto título pela Itália. Nas últimas duas provas do campeonato, Alboreto não terminou.
 
=== Sondagem pela Williams, volta à Tyrrell e "micos" na Larrousse ===
Utilizador anónimo