Diferenças entre edições de "Lennie Briscoe"

33 bytes removidos ,  02h34min de 20 de dezembro de 2009
Correções gerais utilizando AWB
(Correções gerais utilizando AWB)
| apelido = Lennie
| ocupaçao = Policial do [[New York City Police Department|NYPD]]
| rank = [[Detetive (profissão)|Detetive]]
| divisao = Homicídios <small>(''Law & Order'')</small><br />Promotoria de justiça <small>(''Trial by Jury'')</small>
| delegacia =
No episódio "Aftershock", de 1996, após testemunhar uma [[execução]] de um criminoso cujo caso ele ajudou a investigar, Briscoe volta a beber, com consequências desastrosas; a [[promotor]]a [[Claire Kincaid]] ([[Jill Hennessy]]) é atingida e morta por um [[motorista bêbado]], ao levá-lo de volta para casa após apanhá-lo num [[bar]].<ref>''Law & Order'', ep. "Aftershock", exibido originalmente em 22 de maio de 1996.</ref> A experiência mexe profundamente com ele, que permanece sóbrio pelo resto da vida.
 
Briscoe foi criado como [[Catolicismo|católico]], porém é [[Judaísmo|judeu]] por parte de pai, e ocasionalmente frequenta serviços religiosos judaicos como uma cortesia à sua primeira esposa.<ref>''Law & Order'', ep. "Blood Libel", exibido originalmente em 3 de janeiro de 1996.</ref> Seu pai sofreu do [[Mal de Alzheimer]].<ref>''Law & Order'', ep. "Golden Years", exibido originalmente em 5 de janeiro de 1994.</ref> Embora não seja judeu de acordo com a definição tradicional, Briscoe foi por vezes alvo do [[antissemitismo]] de criminosos e até mesmo de alguns de seus colegas de profissão. Desenvolveu uma amizade com um dos poucos policiais judeus durante sua temporada na série, [[John Munch|John Munch]] ([[Richard Belzer]]), apesar do ressentimento inicial de Munch ao descobrir que Briscoe teve um caso com uma de suas ex-mulheres.
 
==Características do personagem==
129 347

edições