Diferenças entre edições de "Processo Solvay"

1 byte adicionado ,  23h54min de 2 de janeiro de 2010
a fim
(Desfeita a edição 17238788 de 201.13.135.160 (discussão | contribs))
(a fim)
=== Industrialmente ===
 
De início é necessário purificar a salmoura, afimfim de retirar os contaminantes que acompanham o NaCl, como MgCl<sub>2</sub>, CaCl<sub>2</sub>, CaSO<sub>4</sub> e outros, isso se dá por precipitação e subsequente filtragem.
 
Uma vez purificada, a solução é conduzida então a uma torre de saturação de amônia, onde a solução entra pelo topo e recebe a amônia em baixas temperaturas por contra-corrente, sendo esta injetada na base da coluna de forma que suba, borbulhando através da solução de NaCl, podendo então ser absorvida.
 
Em seguida, a solução, ainda resfriada pela ação da amônia, é conduzida a uma torre semelhante, onde ao invés de amônia é injetado CO<sub>2</sub>, produzindo uma solução com um precipitado suspenso de NaHCO<sub>3</sub>. Essa solução é levada então a um filtro tambor, onde os cristais de NaHCO<sub>3</sub> são filtrados e lavados, afima fim de livrá-los completamente do cloreto de amônio, que comprometeria a continuidade do processo.
 
Por fim, os cristais de NaHCO<sub>3</sub> são levados a um forno rotativo onde ficam até a calcinação, que produz Na<sub>2</sub>CO<sub>3</sub> com um bom grau de pureza. Observe que o CO<sub>2</sub> obtido nesta etapa é retornado ao processo.
=== Etapas Paralelas ===
 
Industrialmente, além do processo principal, que converte o NaCl da salmoura em Na<sub>2</sub>CO<sub>3</sub>, são realizadas alguns outros procedimentos, afima fim de viabilizar o processo, são eles:
 
*Produção de CO<sub>2</sub>, que provém da queima do CaCO<sub>3</sub> em forno de grelha giratória, que funciona queimando coque, combustão essa que fornece o calor necessário a decomposição do CaCO<sub>3</sub>:
39 861

edições