Abrir menu principal

Alterações

62 bytes adicionados, 22h22min de 3 de janeiro de 2010
Datando predefs de manutenção + ajustes
{{Sem-fontes|arte=sim|data=janeiro de 2010}}
[[Ficheiro:Thomas Gainsborough 013.jpg|right|260px|thumb|''Retrato de Mrs. Philip Thickness'' de Thomas Gainsborough.]]
 
'''Thomas Gainsborough''' ([[Suffolk]], [[14 de Maio]] de [[1727]] - [[Londres]], [[2 de Agosto]] de [[1788]]) foi um dos mais célebres [[arte|artistas]] do [[Barroco]] [[inglaterra|inglês]].
Decidido a tornar um pintor influente entra a corte inglesa, translada-se, em [[1759]], para [[Bath]], uma [[cidade]] preferida cada vez mais pelos [[corte]]sãos e altos burgueses. Prontamente tornou-se um pintor de preferência entre a [[nobreza]] e a emergente [[burguesia]], passando até o seu rival de longa data [[Joshua Reynolds]].
 
Gainsborough conheceu o sucesso devido aos seus [[retrato]]s. Contudo, na sua obra também é frequente encontrar [[pintura de paisagem|paisagens]]. Também é conhecido como um dos mais célebres fundadores da [[Real Academia]], onde exibiu muitas obras de [[1769]] até [[1772]].
 
Já a morar em [[Londres]], Thomas recebeu várias [[comenda]]s da [[aristocracia]], que quase o «santificava». Nas suas pinturas, até o mais pobre padeiro, se assemelhava a uma figura divina, perante a qual nos temos que curvar. Gainsborough concedia, aos seus modelos, uma altivez e sobriedade curiosas e particular carácter, geralmente forte.
 
A sua paleta de cores pouco variou ao longo da sua trajetória. Nela estavam bem compactos os tons leves e mais brilhantes subjugados a fluidas cores escuras, como o castanho. Entre suas obras mais importantes estão "Retrato de Mrs. Philip Thickness" e "O menino azul"
 
{{Portal3|Pintura|Inglaterra}}
 
[[Categoria:Pintores da Inglaterra|G]]
94 507

edições