Diferenças entre edições de "Cassitas"

2 bytes removidos ,  11h40min de 7 de janeiro de 2010
m (Bot: Modificando: ko:카시트인)
Os cassitas formavam uma reduzida elite social disseminada pelo território, sendo o núcleo do [[exército]], do [[governo]] e da [[corte]]. A ascensão da dinastia cassita ao trono da Babilónia não supõe ter havido uma ruptura cultural nem política, e pouco a pouco foram sendo diluídos nos elementos [[acádios]] e [[sumérios]] originais. Os últimos reis da dinastia possuíram nomes acádios
 
Os cassitas criaram uma rede de províncias para administrar o reino, geralmente governadas por personagens locais. Em nível internacional, Babilonia fica distante do centro político, já que primeiro [[Mitanni]] e também a [[Assíria]] criam obstáculos para a sua saída ao norte. Ainda assim, os contatos e relações comerciais são freqüentesfrequentes. Assim, [[Karaindash]] organizou um serviço de [[correio]] regular entre a Babilónia e o [[Egipto]]. [[Kurigalzu I]] financiou com ouro egípcio a construção de sua nova capital, [[Dur-Kurigalzu]]. [[Kadashman-Enlil I]] ofereceu, primeiramente, sua irmã e, posteriormente, sua filha em matrimônio com [[Amenhotep III]]. Tem-se registros através das cartas encontradas em [[Tell el-Amarna]] das negociações que levaram a cabo de ambos monarcas para estabelecer uma contrapartida em ouro. Também sabe-se das relações comerciais que mantiveram o hitita [[Hattusili III]] e [[Kadashman-Enlil II]]. Escavações realizadas na [[década de 1960]] na área do [[Bahrein]], em cuja ilha está localizado um assentamento comercial e uma fortaleza, e textos localizados em [[Nippur]], sugerem que essa zona do [[Golfo Pérsico]] era governada por reis cassitas.
 
{{esboço-história}}
 
[[Categoria:Mesopotâmia]]
[[Categoria:Povos da Antiguidade]]
 
129 347

edições