Diferenças entre edições de "Inosina"

9 bytes adicionados ,  15h10min de 9 de janeiro de 2010
Checkwiki: E061
m (Chembox Pharmacology += legal status)
(Checkwiki: E061)
A inosina é usualmente encontrada em [[tRNA]]s.
 
== Síntese ==
A [[adenina]] é convertida a [[adenosina]] ou a [[monofosfato de inosina]]; qualquer uma destas moléculas pode ser então convertida a inosina, que consegue emparelhar com adenina, [[citosina]] e [[uracilo]].
 
== Importância clínica ==
A inosina foi utilizada nos [[década de 1970|anos setenta]] em países do [[leste europeu]] na tentativa de [[dopagem|melhorar os resultados]] de [[atleta]]s, pelo facto de ser um composto utilizado no mecanismo do [[músculo|movimento muscular]]. No entanto, [[ensaio clínico|ensaios clínicos]] conduzidos neste sentido não mostraram a existência de tais melhorias.<ref>{{cite journal |author=McNaughton L, Dalton B, Tarr J |title=Inosine supplementation has no effect on aerobic or anaerobic cycling performance |journal=International journal of sport nutrition |volume=9 |issue=4 |pages=333-44333–44 |year=1999 |pmid=10660865 |doi=}}</ref>
 
Foi posteriormente demonstrado que a inosina tem propriedades neuroprotectoras, tendo sido proposta para administração pós-[[AVC]] por estimular o revestimento [[axónio|axonal]].<ref>{{cite journal |author=Chen P, Goldberg DE, Kolb B, Lanser M, Benowitz LI |title=Inosine induces axonal rewiring and improves behavioral outcome after stroke |journal=Proc. Natl. Acad. Sci. U.S.A. |volume=99 |issue=13 |pages=9031-69031–6 |year=2002 |pmid=12084941 |doi=10.1073/pnas.132076299 |url=http://www.pnas.org/cgi/content/full/99/13/9031}}</ref> Tem sido também testada para a [[esclerose múltipla]], encontrando-se na fase II dos testes clínicos.<ref>http://www.clinicaltrials.gov/ct/show/NCT00067327</ref>.
 
== Biotecnologia ==
A inosina é útil no desenho de [[primer]]s a utilizar na [[reacção em cadeia da polimerase]], pois emparelha de forma indiscriminada com adenina, [[timina]] ou citosina. A inserção de inosina em primers permite a existência de [[polimorfismo (biologia molecular)|polimorfismo]] numa posição específica da sequência nucleotídica do primer, sem afectar a sua capacidade de ''annealing'' (ligação à cadeia principal de DNA a ser amplificada).
 
{{ref-section}}
 
 
{{ácidos nucleicos}}
315 929

edições