Diferenças entre edições de "Senciência"

746 bytes removidos ,  03h37min de 11 de janeiro de 2010
Revertida para a edição de QuarkAWB
(Desfeita a edição 18362502 de Marcus Valerio XR (discussão | contribs))
(Revertida para a edição de QuarkAWB)
== Filosofia e senciência ==
Muitos filósofos, particularmente [[Colin McGinn]], acreditam que a senciência não poderá jamais ser entendida, não importa quanto progresso seja feito pela [[neurociência]] na compreensão do funcionamento do [[cérebro]]. Os detentores desta posição são denominados [[Novo Misterianismo|Novos Misterianistas]]. Eles não negam que a maioria dos outros aspectos da consciência estão sujeitos à investigação científica. da criatividade à sapiência ou auto-consciência, mas acreditam que apenas a senciência não pode ser amplamente compreendida pela ciência. O debate continua entre os filósofos, estando muitos firmemente convencidos de que não há qualquer grande problema com a senciência.
 
== Senciência + Consciência = SenSciência ==
 
No equivalente em inglês ''sentiece'' [[http://en.wikipedia.org/wiki/Sentience]], é comum que o termo remeta também ao significado de auto-consciência (''self-awareness''[[http://en.wikipedia.org/wiki/Self-awareness]] ou ''self-consciousness'' [[http://en.wikipedia.org/wiki/Self-consciousness]]), remetendo à qualidade que difere, por exemplo, os humanos, dos computadores ou animais. Como o termo tem sido usado em especial na Ficção Científica, em geral abordando exatamente a questão da distinção de uma mente humana e de um sistema artificial, alguns filósofos tem sugerido o termo Sen's'ciência, para incluir também a idéia de auto-consciência e noção de individualidade.
 
{{Ref-section}}
16 468

edições