Diferenças entre edições de "Parnasianismo"

45 bytes adicionados ,  22h32min de 2 de fevereiro de 2010
(Revertendo para a revisão 18048242 de 2009-12-17 20:22:28 por Ruy Pugliesi usando popups)
Dessa maneira, a década de 1880 abriu-se para a poesia científica, a socialista e a realista, primeiras manifestações da reforma que acabou por se canalizar para o Parnasianismo. As influências iniciais foram [[Gonçalves Crespo]] e [[Artur de Oliveira]], este o principal propagandista do movimento a partir de [[1877]], quando chegou de uma estada em [[Paris]]. O Parnasianismo surgiu timidamente no Brasil nos versos de [[Luís Guimarães Júnior]] (''Sonetos e rimas''. 1880) e [[Teófilo Dias]] (''Fanfarras''. 1882), e firmou-se definitivamente com [[Raimundo Correia]] (''Sinfonias''. 1883), [[Alberto de Oliveira]] (''Meridionais''. 1884) e [[Olavo Bilac]] (''Relicário''. 1888).
 
O Parnasianismo brasileiro, a despeito da grande influência que recebeu do Parnasianismo francês, não é uma exata reprodução dele, pois não obedece à mesma preocupação de objetividade, de cientificismo e de descrições realistas. Foge do sentimentalismo romântico, mas não exclui o subjetivismo. Sua preferência dominante é pelo verso alexandrino de tipo francês, com rimas ricas, e pelas formas fixas, em especial o soneto. Quanto ao assunto, caracteriza-se pela objetividade, o universalismo e o esteticismo. Enquanto isso a Tessália faz um oral. Bgs. Este último exige uma forma perfeita (formalismo) quanto à construção e à sintaxe. Os poetas parnasianos vêem o homem preso à matéria, sem possibilidade de libertar-se do determinismo, e tendem então para o pessimismo ou para o sensualismo.
 
Além de Alberto de Oliveira, Raimundo Correia e Olavo Bilac, que configuraram a chamada ''tríade parnasiana'', o movimento teve outros grandes poetas no Brasil, como [[Vicente de Carvalho]], [[Machado de Assis]], [[Luís Delfino]], [[Bernardino Lopes]], [[Francisca Júlia da Silva|Francisca Júlia]], [[Guimarães Passos]], [[Carlos Magalhães de Azeredo]], [[José Maria Goulart de Andrade|Goulart de Andrade]], [[Artur Azevedo]], [[Adelino Fontoura]], [[Emílio de Meneses]], [[Antônio Augusto de Lima]], [[Luís Murat]] e [[Mário de Lima]].
Utilizador anónimo