Abrir menu principal

Alterações

3 bytes removidos, 08h23min de 19 de fevereiro de 2010
Remover preciosismo
*'''3º Código Eleitoral''' - Decreto-Lei nº 7.586, de 28 de maio de 1945, calcado em anteprojeto elaborado por [[Vicente Piragibe]], [[Lafayette de Andrade]], [[Haneman Guimarães]] e [[José de Miranda Valverde]]. Conhecido como Lei [[Agamenon Magalhães]], antecedeu a Constituição de 1946.<br /> [[Joel José Cândido]] não o considera um verdadeiro Código Eleitoral, pois "esse decreto-lei de [[Codificação jurídica|código]] não se tratava, e nem de código foi chamado pelo legislador."{{Carece de fontes}}
 
*'''4º Código Eleitoral''' - Lei nº 1.164, de 24 de julho de 1950. Editado já sob a égidevigor da Constituição de 1946, trouxe, como inovação em relação às codificações anteriores, capítulo sobre a propaganda partidária, garantindo seu livre exercício. Extinguiu o capítulo destinado ao Ministério Público Eleitoral, tratado de forma ocasional e assistemática.
 
*'''5º Código Eleitoral''' - Lei nº 4.737, de 15 de julho de 1965. Concebido durante o regime militar, o quinto Código Eleitoral brasileiro ainda vigora em alguns de seus institutos. Foi, talvez, a nossa melhor lei eleitoral, do ponto de vista técnico-legislativo.{{Carece de fontes}} Sofreu, todavia, várias modificações e, hoje, difere bastante de sua forma inicial.
61

edições