Diferenças entre edições de "Juiz de fora"

10 bytes adicionados ,  06h49min de 9 de março de 2010
Manutenção/geografia, corr. desambig. (rjc 1.15 mod) utilizando AWB
(Manutenção/geografia, corr. desambig. (rjc 1.15 mod))
(Manutenção/geografia, corr. desambig. (rjc 1.15 mod) utilizando AWB)
{{minidesambig|a cidade de Minas Gerais|Juiz de Fora}}
[[Ficheiro:SilvsCarvalho18226cm.jpg|upright=1.11||thumb|Um dos primeiros cargos públicos do ministro do Reino de Portugal, [[José da Silva Carvalho]], foi o de juiz de fora em [[Recardães]].]]
O '''juiz de fora''' era um [[magistrado]] nomeado pelo [[Lista de reis de Portugal|rei de Portugal]] para atuar em comarcas onde era necessária a intervenção de um juiz isento e imparcial. Em muitíssimas ocasiões os juízes de fora assumiam também papel político, sendo indicados para [[presidentePresidente da Câmaracâmara municipal|presidir câmaras municipais]] como uma forma de controle do poder central na vida [[município|municipal]].
 
A figura do juiz de fora surgiu em [[Portugal]] em [[1327]], com o rei [[Afonso IV de Portugal|Dom Afonso IV]]. Este tipo de magistrado era nomeado pelo rei, sendo freqüentemente mudado de localidade. A principal função do juiz de fora era zelar pelo cumprimento da [[justiça]] em nome do rei e de acordo com as leis do reino. Ademais, a autoridade que o juiz de fora gozava era muito superior à dos juízes ordinários dos concelhos.
200 275

edições