Chefe do Estado-Maior da Armada (Portugal): diferenças entre revisões

sem resumo de edição
O '''Chefe do Estado-Maior da Armada''' ('''CEMA''') é o [[comandante]] da [[Marinha Portuguesa]] e, por inerência, a [[Autoridade Marítima Nacional]] de [[Portugal]]. Além disso, o CEMA é responsável por dirigir o Serviço de Busca e Salvamento Marítimo. O cargo de CEMA é desempenhado por um [[almirante]].
 
O CEMA é coadjuvado pelo '''Vice-Chefe do Estado-Maior da Armada''' ('''VCEMA''') que exerce a função de 2º comandante da Marinha. O VCEMA é um [[vice-almirante]] hierarquicamente superior a todos os restantes vice-almirantes em serviço na Marinha. Cabe também ao VCEMA dirigir o [[Marinha Portuguesa#Estado-Maior da Armada (EMA)|Estado-Maior da Armada]], sendo, nessa função, coadjuvado pelo '''Subchefe do Estado-Maior da Armada''' ('''SUBCEMA'''), que é um [[contra-almirante]].
 
==Competências do CEMA==
Como comandante da Marinha, o CEMA é o principal colaborador do [[ministro da Defesa Nacional]] e do [[Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas|Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA)]] no que diz respeito à Marinha, participa nos orgãos de conselho das [[Forças Armadas Portuguesas|Forças Armadas]], integra a estrutura de comando operacional das Forças Armadas - em situações não decorrentes da guerra - como comandante subordinado ao CEMGFA, é responsável pelo cumprimento das missões específicas da Marinha e compete-lhe definir a organização interna das unidades, estabelecimentos e orgãos da Marinha.
 
7 894

edições