Abrir menu principal

Alterações

26 bytes adicionados ,  18h34min de 10 de abril de 2010
m
retirando {{seminterwiki}} de artigos que possuem interwiki + ajustes utilizando AWB
{{Info/Batalha
{{DadosBatalha|
| cores = background:#ffccaa;color:#2222cc;
| nome_batalha =
| imagem =
| descr =
| conflito = [[Reconquista|Reconquista Cristã]]
| data = Verão de [[722]]
| local = [[Picos de Europa]], perto de [[Covadonga]], actual [[Espanha]]
| resultado = Vitória decisiva das forças [[cristianismo|cristãs]]
| combatente1 = [[Reino das Astúrias]]
| combatente2 = [[Omíadas|Califado Omíada]]
| comandante1 = [[Pelágio das Astúrias]]
| comandante2 = [[Munuza]]<br />[[Alqama]]
| for1 = 300{{Ref|1}}
| for2 = 800-1400
| baixas1 = 289 mortos
| baixas2 = Desconhecido
| nome_cat = Covadonga
| campanha = Invasão muçulmana da Península Ibérica
|}}
A '''Batalha de Covadonga''' foi a primeira grande vitória das forças militares [[Cristianismo|Cristãs]] na [[Hispânia]] a seguir à [[invasão muçulmana da Península Ibérica|invasão árabe]] em [[711]]. Uma década depois, provavelmente no [[verão]] de [[722]], a vitória de Covadonga assegurou a sobrevivência da soberania Cristã no Norte da [[Península Ibérica]], e é considerada por muitos autores como o ínicio da [[Reconquista]].
[[Ficheiro:Don Pelayo.jpg‎|thumb|leftesquerda|[[Pelágio das Astúrias|Pelágio, rei das Astúrias]].]]
Sete anos depois da invasão árabe sobre Hispânia, [[Pelágio das Astúrias]], um [[nobre]] descendente dos monarcas [[visigodos]], conseguiu expulsar um governador provincial, [[Munuza]], do distrito das Astúrias, no noroeste da Península. Conseguiu segurar o território contra inúmeras investidas dos [[árabe]]s para o recuperar, e depressa estabeleceu o [[Reino das Astúrias]], que viria a transformar-se na região cristã de soberania contra a [[Al-Andalus|expansão islâmica]]. Pelágio, embora incapaz de conter os Muçulmanos em muitas situações, sobrevivia e dinamizava o movimento para a Reconquista.
 
<!-- Citar Alexandre Herculano, que narra a história de uma forma bem eloquente -->
Após a vitória de Pelágio, as populações das vilas asturianas emergiam com as suas armas, matando centenas de mouros. Munuza, reconhecendo a derrota, organizou outra força e reuniu os sobreviventes de Covadonga. Mais tarde, iria confrontar Pelágio e o seu exército, agora aumentado, perto de [[Proaza]]. Novamente Pelágio vence, e Munuza morre na batalha.
 
== Notas ==
{{esboço-históriaes}}
 
[[Categoria{{DEFAULTSORT:Batalhas da Reconquista|Covadonga]]}}
[[Categoria:Batalhas da Reconquista]]
 
[[ar:معركة كوفادونجا]]
82 596

edições