Abrir menu principal

Alterações

1 310 bytes adicionados ,  14h37min de 11 de maio de 2006
sem resumo de edição
Podemos definir '''internet móvel''' como o uso de tecnologias de comunicação sem fio ([[wireless]]) para acesso a informações e aplicações [[Web]] a partir de dispositivos móveis, como [[celular]]es ou [[handheld]]s. A Internet móvel, pelas suas características, tem aspectos bem diferentes da [[Internet]] tradicional, tipicamente acessada por [[desktop]]s. O acesso móvel apresenta peculiaridades que devem ser compreendidas e devidamente exploradas.
Em [[2000]] entrou no mercado a tecnologia da '''internet móvel'''. A rede é acessada através de telefones celulares equipados com um [[software]] simples, chamado microbrowser, capaz de interpretar mais textos que imagens. Os microbrowsers foram criados, exclusivamente, para acessar o [[WAP]], sigla de Wireless Application Protocol (Protocolo para Aplicações sem Fio).
 
Em [[2000]] entrou no mercado a tecnologia da '''internet móvel'''. A rede é acessada através de telefones celulares equipados com um [[software]] simples, chamado microbrowser, capaz de interpretar mais textos que imagens. Os microbrowsers foram criados, exclusivamente, para acessar o [[WAP]], sigla de Wireless Application Protocol (Protocolo para Aplicações sem Fio).
O WAP é um conjunto de especificações que define um ambiente semelhante à [[Web]], mas menos complexo e de velocidade mais baixa, para poder funcionar em redes de aparelhos sem fio. Por isso, as empresas interessadas em disponibilizar seus serviços, produtos e informações na internet móvel têm de adaptar todo o conteúdo de seus sites para micro-sites Wap. Como alguns celulares ainda possuem tela monocromática e de baixa resolução, não há expectativa de que o acesso à internet via computador diminua a curto prazo.
 
As diferenças entre as tecnologias da [[Internet]] baseadas em [[microcomputador]]es e a dos [[celular]]es é bastante significativa. Um micro tem hoje pelo menos 128Mb de [[memória]], um [[processador]] bastante poderoso, um [[monitor]] de alta resolução e pelo menos um [[modem]] de alta velocidade, além de interface de acesso gráfico via [[mouse]] e [[teclado]] ergonômico e multifuncional. Um celular, ao contrário, é bastante restrito em termos de potência de [[computação]] e [[interface]]s: processadores de pouca capacidade, memória bem pequena, uma tela diminuta e não permite o uso de mouses. E para complicar ainda mais, a capacidade de banda é limitada (embora evoluindo rapidamente), com pouca estabilidade de conexão e uma disponibilidade pouco previsível.
{{esboço-informática}}
 
Com certeza, o [[celular]] do futuro, com as tecnologias chamadas de [[3G]] (terceira geração) e [[4G]] (quarta geração), será muito diferente dos que conhecemos hoje.
A diferença entre o que usamos atualmente, como envio de mensagens curtas ([[SMS]]), e o que poderemos usar no futuro, através de serviços multimídia, será similar à diferença entre uma mensagem de [[telex]] e um [[videoclipe]]. Provavelmente, a palavra [[telefone]] não deverá ser mais usada, uma vez que voz será apenas uma de suas diversas funcionalidades.
 
{{esboço-informáticaTeleco}}
 
[[Categoria:Internet]]
[[Categoria:Tecnologia]]
[[Categoria:Telecomunicações]]
[[Categoria:Telefonia móvel]]
428

edições