Diferenças entre edições de "Wikipédia:Esplanada/geral/Critério de Notoriedade vs Critério de Presunção de Boa-Fé (15jul2010)"

sem resumo de edição
m
 
::No caso da ER são pelo menos 2 pessoas, quem marca e quem elimina. Subjetivo ou não deve constar na política de eliminação pra saberem que é motivo pra eliminar, pq se se elimina um artigo de uma empresa relativamente recente, o criador reclamar dizendo que Nestle tem artigo e ter como resposta que é pq a dele nã otem notoriedade, como é que fica? Restaura? Não se deve nunca eliminar artigos por notoriedade? tem que estar em algum lugar que é motivo pra eliminação.--[[Usuário:Lépton|Lépton]] <sup>[[Usuário Discussão:Lépton|msg]]</sup> 17h35min de 16 de julho de 2010 (UTC)
:::*Eu acredito que "notoriedade" é diferente de "notabilidade". Como se prova a falta de notoriedade a alguém, sem dizer que é uma opinião particular? A notabilidade é fácil de comprovar objetivamente, de forma neutra, sem os novatos se sentirem ofendidos com alegações do tipo "sua empresa não é notória", ou entrar em debates intermináveis sobre "o que é notório", sendo que é algo puramente subjetivo. Não existe um método '''neutro''' para definir a notoriedade de alguém ou alguma coisa. [[Usuário:Gonello|Gonello]] ([[Usuário Discussão:Gonello|discussão]]) 19h45min de 16 de julho de 2010 (UTC)
 
::Complicado tratar de forma geral, principalmente a biografia de alguém. Em vias de regra, recorre-se ao Google. Eu ainda, acreditem, até hoje, não entendo como um jogador de futebol da Zâmbia que '''nunca''' fez um gol pela seleção possa ter biografia (nunca fez nada, na realidade, só nasceu e virou jogador de futebol), enquanto uma atriz global, da novela das oito, não. Ainda estou tentando achar a coerência do raciocínio. Eu acho que se deve eliminar por notoriedade, senão a Wiki vira repositório. O problema é que isso não é tarefa fácil. Existem casos que são claríssimos, mas outros não. Estabelecer um critério geral para biografias não parece tarefa mole e ignorar a notoriedade na hora da eliminação é difícil. Não seria quem decide o que é notório, mas o que. Seriam os critérios de notoriedade, feitos de modo geral, para casos gerais (99,99%). A comunidade estaria por trás da decisão, claro, mas ficaria por escrito o que pode e o que não pode. Vias de regra, não gosto dos atuais critérios para biografias. Acho até que já falei isso aqui uma vez. [[Usuário:Sway_2|<font color="#800080" face="Century Gothic" size="2">'''- Deh'''</font>]][[Usuário Discussão:Sway_2|<font color="#0000cd"><sup>sim?</sup></font>]] 18h48min de 16 de julho de 2010 (UTC)
 
::PS: esqueci de dizer que estou falando especificamente de biografias, que parece ser o caso mais recorrente das reclamações, mas no grosso serve basicamente para tudo. Agora mesmo comentei lá que a empresa de consertos do fulano não é para ser propagandeada na Wikipédia. Vai precisar para uma TeleListas, amigo, rs! [[Usuário:Sway_2|<font color="#800080" face="Century Gothic" size="2">'''- Deh'''</font>]][[Usuário Discussão:Sway_2|<font color="#0000cd"><sup>sim?</sup></font>]] 18h55min de 16 de julho de 2010 (UTC)
 
:::*Biografias ou não, a notoriedade é um conceito subjetivo demais. Pegando o seu exemplo, eu lhe afirmo que não vejo novelas e com certeza desconheceria esta atriz. Pra mim, uma pessoa de quem eu nunca ouvi falar não é notória. Por outro lado, conheço pessoas que são notórias no meio onde eu trabalho ou onde moro, são notórias para determinado grupo social, determinada comunidade, etc, e certamente são desconhecidas fora desses meios. O conceito de notoriedade é relativo demais. Talvez este jogador de futebol seja bastante falado e comentado no bairro ou na cidade da pessoa que criou o artigo, por que não? [[Usuário:Gonello|Gonello]] ([[Usuário Discussão:Gonello|discussão]]) 19h45min de 16 de julho de 2010 (UTC)
195

edições