Editora Vozes: diferenças entre revisões

51 bytes adicionados ,  29 de julho de 2010
 
Por causa de suas linhas de publicação pode ser definida como uma editora da educação. Tem dentre seus autores [[Darcy Ribeiro]], [[Fernando Henrique Cardoso]], [[Marta Suplicy]], [[Leonardo Boff]], [[Arnaldo Niskier]], Dom [[Paulo Evaristo Arns]], [[Frei Beto]], [[Ronaldo Rogério de Freitas Mourão]], [[Ester Pilar Grossi]], [[Márcia Peltier]], [[Junito Brandão]], [[Mário Curtis Giordani]], [[Gustavo Gutiérrez]], [[Alain Touraine]], [[Jean-Yves Leloup]], [[Régis Debret]] e [[Michel Foucault]], além de estar permanentemente abrindo as portas para novos autores. Há quem critique que pelo domínio de [[Leonardo Boff]], a Vozes deixou de ser um Editora católica para se tornar uma editora com orientação marxista, possuindo um amplo acervo de obras de orientação marxista e de divulgação da Teologia da Libertação.{{carece de fontes}}
 
==Ver também==
*[[História do livro no Brasil]]
 
=={{Links}}==
11 901

edições