Diferenças entre edições de "Associação Atlética Ferroviária (Botucatu)"

sem resumo de edição
Etiqueta: Ligações internas removidas
 
===História===
Conhecida como "Gigante da Baixada", essa agremiação foi fundada em 03/05/1939 por funcionários da extinta Estrada de Ferro Sorocabana de Botucatu, e disputou campeonatos de acesso desde 1948 até 1967, com uma única ausência em 1953.
Assim como em outras cidades, a Associação Atlética Ferroviária de Botucatu foi fundada por funcionários da antiga Estrada de Ferro Sorocabana. Esta agremiação teve 19 participações no Campeonato Paulista, disputou a "Divisão Especial", ou Segunda Divisão (atual A-2), nos anos de 1948 a 1952, de 1956 a 1959, e de 1961 a 1967. Mesmo sem ser campeã nenhuma vez, marcou história no futebol nacional revelando o jogador [[José Maria Rodrigues Alves|Zé Maria]]. Hoje em dia, promove atividades recreativas como clube social e desportivo.
 
Sua maior revelação foi o lateral direito Zé Maria, campeão mundial em 1970, que atuou na Portuguesa e Corinthians e que hoje dá nome ao ginásio poliesportivo da AAF.
 
Atualmente a Ferroviária é um clube voltado para a parte social, contando com aproximadamente 1.200 sócios titulares e dispondo de uma grande área muito bem cuidada, composta por conjunto aquático, piscina térmica, ginásio poliesportivo, sede social, restaurante, sauna, jardins, salão para festas, etc..
 
O estádio de futebol Dr. Acrísio Paes Cruz ainda existe e encontra-se em excelentes condições, com arquibancadas de concreto e de madeira em muito bom estado, gramado de boa qualidade e possuindo inclusive refletores. O estádio vem sendo utilizado atualmente pelas equipes de base (sub-13, sub-15 e sub-17), veteranos, sócios e eventualmente pela equipe feminina do Botucatu F.C.
 
 
 
==Títulos==
Utilizador anónimo