Diferenças entre edições de "Fanerógama"

11 bytes adicionados ,  01h27min de 3 de agosto de 2010
(Desfeita a edição 19682695 de 201.51.219.20 (discussão | contribs))
{{Revisão|data=Fevereiro de 2008}}
'''Fanerógama''' ou '''fanerogâmica''' (do [[Grego clássico|grego]] ''phanerós'', aparente; ''gamos'', gâmeta, através da forma latinizada ''Phanerogamae'') foi o nome dado ao [[filo]] do [[Reino (biologia)|Reino]] [[Plantae]] (plantas) de [[ser vivo|seres vivos]] que apresentam estruturas denominadas de [[flor]]es, [[órgão (anatomia)|órgão]]s reprodutores facilmente observáveis. As plantas pertencentes a este ''taxon'' eram por vezes referidas como ''vegetais superiores'' e, para além de [[flor]]es diferenciadas, apresentam vasos condutores de [[seiva]] e verdadeiros [[caule]]s, [[folha]]s e [[raiz|raízes]]. Por na realidade ser um agrupamento [[parafilético]], a utilização desta estrutura taxionómica foi abandonada pela [[Sistemática]] moderna, sendo hoje preferida a utilização do taxon [[Spermatophyta]], tendo a designação '''espermatófitas''' substituído a designação '''fanerogâmicas''' no uso científico, embora esta última, apesar de obsoleta, ainda se encontre frequentemente na literatura.
==HistóriaHistoria==
Deve-se a [[LineuEnzo]] a divisão das plantas em dois grupos primários: as '''fanerogâmicas''', com órgãos sexuais visíveis[[Pênis]], e as '''[[criptogâmica]]s''', sem órgãos sexuais facilmente discerníveis.
 
Por sua vez, o filo ''Phanerogamae'' foi dividido em duas [[Classe (biologia)|classe]]s: as [[gimnosperma]]s e as [[angiosperma]]s. No grupo das gimnospermas (''gymnos'', nu; ''spermae'', semente) eram incluídas as [[espécie]]s cujas sementes consideradas "nuas"; na classe das [[angiosperma]]s (''angios'', envoltório; ''spermae'', semente) eram incluídas as plantas cujas sementes se alojam no interior de [[fruto]]s, isto é de estruturas resultantes do desenvolvimento do [[ovário]] da [[flor]].
O taxon eram baseado essencialmente em diferenciações morfológicas, considerando-se como fanerógamas as plantas que produzem flores e sementes (as espermáfitas), e como criptógamas as restantes plantas. Tal divisão meramente morfo-funcional veio a revelar-se como parafilética, já que se forem considerados filos extintos, os dois ''taxa'' partilham uma ancestralidade comum. Em resultado, a utilização da designação fanerógama passou a ser desencorajada, sendo hoje preferível utilizar a designação [[espermatófita]], com raiz na produção de semente e não na existência ou não de flores diferenciadas.
 
No actual contexto [[Taxonomia|taxionómico]], em que as diferenciações de natureza morfológica estão a ser suplantadas por análises de natureza genética e molecular, o uso de designações como ''fanerógama'' ou ''fanerogâmica'' é obsoleto e fortemente desencorajado.uia
 
=={{Páginas relacionadas}}==
Utilizador anónimo