Abrir menu principal

Alterações

201 bytes adicionados ,  09h05min de 8 de setembro de 2010
sem resumo de edição
{{minidesambig|soldado de infantaria|Fuzileiro}}
[[Imagem:Regiment de la marine 1757.jpeg|thumb|right|170px250px|Fuzileiro da Marinha Francesa em [[1757]].]]
Um '''fuzileiro naval''' é um [[marinheiro]] militar pertencente a um corpo de [[infantaria de marinha]] de alguns países. No âmbito de uma [[marinha]], os fuzileiros são normalmente os especialistas na realização de operações de assalto anfíbio, nas abordagens no [[alto mar]], na segurança e ordem interna nos [[navio de guerra|navios de guerra]] e na defesa das instalações navais em terra. Normalmente, os fuzileiros navais são rigorosamente selecionados e recebem um treinamento especial, sendo considerados [[tropa de elite|tropas de elite]].
 
=== Brasil ===
{{AP|Corpo de Fuzileiros Navais}}
[[Imagem:Forma-2g.jpg|Formação de fuzileiros navaisthumb|250px|right|Fuzileiros da Marinha do Brasil.]]
Os cerca de 15 000 fuzileiros navais brasileiros formam o Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da [[Marinha do Brasil]]. Nas [[Forças Armadas Brasileirasdo Brasil]], o termo "fuzileiro" também é aplicado como designação genérica dos soldados de infantaria do [[Exército Brasileiro|Exército]]. Assim, existem os fuzileiros do Exército e os fuzileiros navais da Marinha.
 
O elemento principal do CFN é Força de Fuzileiros da Esquadra (FFE). A FFE, por sua vez, integra a Divisão Anfíbia (de escalão brigada) que constitui a principal unidade dos fuzileiros navais, integrando um batalhão de comando e controle, três batalhões de fuzileiros navais, um batalhão de artilharia, um batalhão de blindados e um batalhão de controle aerotático e defesa antiaérea. Para lá da divisão anfíbia, o CFN inclui também a Tropa de Reforço, o Batalhão de Operações Especiais ([[Batalhão "Tonelero"]]), o Batalhão de Operações Ribeirinhas, o Comando da Tropa de Desembarque, a Base de Fuzileiros Navais do Rio Meriti e sete grupamentos de fuzileiros navais (subordinados aos vários distritos navais).
 
O Corpo de Fuzileiros Navais do Brasil tem origem no contingente da [[Brigada Real de Marinha]] de [[Portugal]], que chegou ao Brasil - acompanhando a Família Real Portuguesa - em [[1808]]. Com a Independência, o contingente da Brigada Real de Marinha que ficou no Brasil passou a designar-se "Batalhão de Artilharia de Marinha". Em [[1864]] passou a chamar-se "Batalhão Naval", em [[1895]] "Corpo de Infantaria da Marinha", em [[1924]] "Regimento Naval" e em [[1932]] "Corpo de Fuzileiros Navais".
 
=== França ===
[[Imagem:GFM Toulon Bastille Day 2008 n1.jpeg|Desfile de fuzileiros marinheirosthumb|right|250px|Fuzileiros da Marinha Francesa.]]
Os ''fusiliers marins'' (fuzileiros marinheiros) são os marinheiros da [[Marinha Francesa]] responsáveis pela proteção e defesa das instalações navais em terra. Têm como missões: participar em operações terrestres a partir do mar, participar em operações especiais, proteger as instalações sensíveis da marinha e reforçar a proteção dos navios das forças navais.
 
=== Portugal ===
{{AP|Corpo de Fuzileiros}}
[[Imagem:Fusilliers marins Portugais.jpg|Desfile de fuzileirosthumb|right|250px|Fuzileiros da Marinha Portuguesa.]]
Os fuzileiros formam a classe da [[Marinha Portuguesa]], cujos membros são especializados na realização de operações anfíbias, na segurança das instalações em terra da Marinha e na condução de viaturas táticas. Os fuzileiros asseguram também as funções de Polícia Naval ([[polícia militar]] da Marinha). eA açõesmaioria especiaisdos fuzileiros integra o ([[operaçõesCorpo de especiaisFuzileiros]] da Marinha).
 
A atual classe de fuzileiros foi criada em [[1961]], dividindo-seainda emque '''fuzileirosas especiais'''suas origens estejam no Terço da Armada criado em [[1621]] e nos fuzileiros navaismarinheiros da Brigada Real de Marinha criada em [[1797]]. OsInicialmente, primeirosa integravamclasse osincluía destacamentostambém deos '''fuzileiros especiais''', que integravam os destacamentos vocacionados para a realização de operações assalto anfíbio. Os restantes fuzileiros integravam as companhias e pelotões de fuzileiros responsáveis pela defesa de instalações e embarcações e patrulhamento fluvial. Estas unidades tomaram parte ativa da [[Guerra do Ultramar]], nos teatros de operações de [[Angola]], [[Guiné Portuguesa]] e [[Moçambique]].
 
A formação dos praças e sargentos da classe de fuzileiros é realizada na [[Escola de Fuzileiros]] em [[Vale de Zebro]]. A formação dos oficiais é realizada na [[Escola Naval (Portugal)|Escola Naval]] no [[Alfeite]], através do curso superior de Mestrado em Ciências Militares Navais, na Especialidade de Fuzileiro.
== Fuzileiros navais ==
<gallery widths="250px" perrow="3">>
Imagem:Fusilliers marins Portugais.jpg|Desfile de fuzileiros da Marinha Portuguesa.
Imagem:Forma-2g.jpg|Formação de fuzileiros navais da Marinha do Brasil.
Imagem:GFM Toulon Bastille Day 2008 n1.jpeg|Desfile de fuzileiros marinheiros da Marinha Francesa.
Imagem:Fuzileiros Navais.gif|Insígnia dos fuzileiros navais do Brasil.
Imagem:Portuguese Navy Walther MPL.JPEG|Fuzileiros portugueses em operação de abordagem.
Imagem:Fuzileiros.gif|Emblema de fuzileiro da Marinha Portuguesa.
</gallery>
 
== Referências ==
7 595

edições