Diferenças entre edições de "Casbá dos Udaias"

10 bytes adicionados ,  21h40min de 23 de setembro de 2010
m
manutenção
m (manutenção)
m (manutenção)
A '''Kasbah de Oudaia''' localiza-se em [[Rabat]], no litoral do [[Marrocos]].
 
==História==
Constituiu-se primitivamente numa pequena fortificação [[islão|muçulmana]], erguida a partir de [[1150]] pelo sultão [[Almorávidas|Almorávida]] Abd-al-Mumun como defesa contra as tribos [[Bouraghouata]]. Sob os [[Almoádas]], transformou-se num [[ribat]] dominando a foz do rio Bou Regreg, que eles denominaram Mehdiya. Depois do domínio Almoáda a fortificação entrou em decadência, até à chegada de populações mouriscas da [[Andaluzia]], quando conhece um renascimento. Estes dedicaram-se à prática do [[corso]] a partir de [[Rabat]], então capital do Marrocos. Nesse período, os muros da kasbah foram restaurados e reforçados.
Constituiu-se primitivamente numa pequena fortificação [[islão|muçulmana]], erguida a partir de [[1150]] pelo sultão [[Almorávidas|Almorávida]] Abd-al-Mumun como defesa contra as tribos [[Bouraghouata]].
 
Sob os [[Almoádas]], transformou-se num [[ribat]] dominando a foz do rio Bou Regreg, que eles denominaram Mehdiya.
A [[dinastia Alauita]] por sua vez, irá comprometer-se com o desenvolvimento do local entre [[1757]] e [[1789]], e novamente entre [[1790]] e [[1792]]. Toda essa história turbulenta do local é evidente através dos monumentos que compõem a Kasbah de Oudaia desde o recinto Almoáda e sua famosa [[porta]] monumental ("''Bab el Kebir''"), um dos expoentes da arquitectura Almoáda, a [[mesquita]] conhecida como "''Jamaa el Atiq''", o recinto Alauita e o palácio a Oeste e a estrutura militar "''borj Sqala''".
 
Constituiu-seApós primitivamente numa pequena fortificação [[islão|muçulmana]], erguida a partir de [[1150]] pelo sultão [[Almorávidas|Almorávida]] Abd-al-Mumun como defesa contra as tribos [[Bouraghouata]]. Sob os [[Almoádas]], transformou-se num [[ribat]] dominando a foz do rio Bou Regreg, que eles denominaram Mehdiya. Depois doo domínio Almoáda a fortificação entrou em decadência, até à chegada de populações mouriscas da [[Andaluzia]], quando conhececonheceu um renascimento. Estes dedicaram-se à prática do [[corso]] a partir de [[Rabat]], então capital do Marrocos. NesseNeste período, os muros da kasbah foram restaurados e reforçados.
 
A [[dinastia Alauita]] a seu tempo, comprometeu-se com o desenvolvimento do local entre [[1757]] e [[1789]], e novamente entre [[1790]] e [[1792]].
 
AToda [[dinastiaa Alauita]] por sua vez, irá comprometer-se com o desenvolvimento do local entre [[1757]] e [[1789]], e novamente entre [[1790]] e [[1792]]. Toda essaturbulenta história turbulenta doda localregião é evidente através dos monumentos que compõem a Kasbah de Oudaia desde o recinto Almoáda e sua famosa [[porta]] monumental ("''Bab el Kebir''"), um dos expoentes da arquitectura Almoáda, a [[mesquita]] conhecida como "''Jamaa el Atiq''", o recinto Alauita e o palácio a Oeste e a estrutura militar "''borj Sqala''".
 
A região foi transformada em protetorado [[França|Francês]] a partir do [[século XIX]].