Guarda Nacional (Brasil): diferenças entre revisões

17 bytes adicionados ,  20h30min de 30 de setembro de 2010
sem resumo de edição
{{mais-fontes}}
 
[[Ficheiro:Bandeira do 25o Batalhão da Guarda Nacional da Província de São Paulo.jpeg|thumb|Uma bandeira da Guarda Nacional.]]
A '''Guarda Nacional''' foi uma [[força paramilitar]] organizada por lei no [[Brasil]] durante o [[período regencial]], em agosto de [[1831]], para servir de "sentinela da constituição jurada", e desmobilizada em setembro de [[1922]]. No ato de sua criação lia-se: "Com a criação da Guarda Nacional foram extintos os antigos [[Corpo de milícias|corpos de milícias]], as [[ordenanças]] e as guardas municipais."<ref>DANNEMANN, Fernando Kitzinger. [http://recantodasletras.uol.com.br/resenhas/946777 1831 – Guarda Nacional], recantodasletras.uol.com.br</ref> Em [[1850]] a Guarda Nacional foi reorganizada e manteve suas competências subordinadas ao ministro da Justiça e aos presidentes de província. Em [[1873]] ocorreu nova reforma que diminuiu a importância da instituição em relação ao [[Exército Brasileiro]]. Com o advento da República a Guarda Nacional foi transferida em [[1892]] para o Ministério da Justiça e Negócios Interiores. Em [[1918]] passou a Guarda Nacional a ser subordinada ao Ministério de Guerra através da organização do Exército Nacional de 2ª Linha, que constituiu de certo modo sua absorção pelo Exército.
Utilizador anónimo