Abrir menu principal

Alterações

4 bytes adicionados ,  22h10min de 27 de novembro de 2010
sem resumo de edição
{{sem notas|data=outubro de 2010| arte=| Brasil=| ciência=| geografia=| música=| Portugal=| sociedade=|1=Este artigo ou secção|2=|3=|4=|5=|6=}}
[[Ficheiro:Le Moustier sup.jpg|thumb|200px|right|Abrigo de ''Le Moustier.'']]
'''Musteriense''', '''mustierense''', '''moustierense''' ou '''musteriano''' é uma [[cultura]] englobada dentro do [[Paleolítico Médio]], na qual domina o [[Homem-de-neandertal]], com umas datas compreendidas entre 300.000300000 e 40.00040000 B.P.
 
O seu nome procede do [[abrigo rochoso]] de [[Le Moustier]] (na região da [[Dordonha]], [[França]]), onde [[Gabriel de Mortillet]] descobriu em [[1860]] uma [[indústria]] lítica pré-histórica, associada com os [[Fóssil|fósseis]] de ''Homo neanderthalensis'' encontrados em [[1907]].
 
As ferramentas musterienses eram feitas pelos [[neandertal|neandertais]] em datas compreendidas entre 300.000300000 [[a.C.]] e 40.00040000 a.C., antes dos [[humano]]s modernos chegarem à [[Europa]] entre 70.00070000 a.C. e 32.00032000 a.C.
 
Ferramentas de pedra similares têm sido encontradas em toda a Europa sub-ártica e também no [[Oriente Médio]] e norte da [[África]].
* [[Fendedor]]es, realizados sobre lasca, normalmente grande, que se caracteriza pelo seu [[gume]] transversal.
* [[Facas de dorso]], lascas ou [[lâmina lítica|lâminas]] largas, nas quais um gume foi trabalhado com [[Retoque lítico|retoque]] abrupto.
* [[Denticulados]], realizado sobre lasca, onde o fiogume está trabalhado com uma série de encaixesentalhes.
* [[Raspador]]es, utensílios nos quais a parte ativa é constituída por uma frente moderadamente arredondada.
* [[Perfurador]]es, têm uma ponta fina e acerada.
** O tipo Quina caracteriza-se pela prática ausência de técnica Levallois com lascas curtas.
** O tipo Ferrassie caracteriza-se pela aparição da técnica Levallois em conjuntos onde há forte proporção de raspadeiras.
* [[Musteriense de denticulados]], há uma proporção muito elevada de denticulados e encaixesentalhes.
* [[Basconense]] ou [[Musteriense de tipo Ola]], isolado como um tipo regional pelo próprio Bordes, para explicar as indústrias com fendedores no [[País Basco Francês]].
 
==Expansão==
Na [[Europa ocidental]] abundam os restos da cultura musteriense, cujo conhecimento aprofundou-se com os achados da [[Serra de Atapuerca]]. Na "Sima do Elefante" apareceram instrumentos líticos do tipo musteriense associados ao [[Homem-de-neandertal]], com fósseis de [[cavalo]]s e [[cervo]]s; enquanto, na "gran Dolina" o nível TD10 assinala a transição entre o [[Acheulense]] e o Musteriense, há unspor volta de 350. 000 anos. Mais em cima, nos níveis TD11 e TD12, com cerca de 300. 000 anos de antiguidade, aparecem utensílios sobre lasca de tamanho pequeno e mediano, e núcleos de extrações centrípetas bastante padronizados. Do mesmo [[volume]] de pedra tirava-se maior quantidade de gume. Esta técnica é associada no restante da Europa aos Neandertalenses.
 
Encontraram-se em [[Navarra]] alguns utensílios na [[Serra de Urbasa]], destacando-se os de Coscobilo, em Olazagutia, que apresenta com frequência o sílex em placas. Em [[Andaluzia]] apareceram restos na caverna de Carigüela. [[França]] amostra o maior número de vestígios musterienses. Na [[Itália]] registram-se vários achados e em [[Croácia]], o de [[Condado de Krapina-Zagorje|Krapina]].
18 242

edições