Diferenças entre edições de "Vanádio"

5 bytes adicionados ,  13h30min de 28 de novembro de 2010
sem resumo de edição
m (Revertidas edições por 201.34.97.23 para a última versão por EmausBot (Huggle))
Foi descoberto pelo [[mineralogia|mineralogista]] espanhol [[Andrés Manuel del Río]], no [[México]], em [[1801]], num mineral de [[chumbo]]. Em [[1830]], o [[Suécia|sueco]] [[Nils Gabriel Sefström]] descobriu o elemento num [[óxido]] que encontrou enquanto trabalhava numa mina de [[ferro]] e deu-lhe o nome pelo qual é conhecido atualmente.
 
Está situado no [[Grupo da Tabela Periódica|grupo 5 ( 5BVB )]] da [[tabela periódica]] dos elementos. É um [[metal]] [[ductilidade|dúctil]], macio e apesar de ser bem mais abundante que o [[cobre]], com uma abundância crustal de 160 ppm, forma poucos minerais. A razão do vanádio formar tão poucos minerais reside no facto de o ião (ion) V<sup>3+</sup> ser geoquimicamente semelhante ao ião Fe<sup>3+</sup>, um ião abundante e constituinte de muitos minerais. Assim, o ião V<sup>3+</sup> geralmente substitui o Fe<sup>3+</sup> nos minerais (notavelmente na [[magnetita]]) em lugar de formar os seus próprios minerais. É, ainda assim, encontrado em diversos [[mineral|minerais]], e é empregado principalmente em algumas [[liga metálica|ligas metálicas]].
 
{| border="1" cellpadding="2" cellspacing="0" align="right" style="margin-left: 0.5em"
|-----
| [[Grupo da Tabela Periódica|Grupo]], [[Período da Tabela Periódica|período]], [[Bloco da Tabela Periódica|bloco]]
| [[grupo da Tabela Periódica|5 (VB)]], [[Período da Tabela Periódica|4]] , [[Bloco d|d]]
|-----
| [[Densidade]], [[Escala de Mohs|dureza]]
74 338

edições