Diferenças entre edições de "Titânio"

Sem alteração do tamanho ,  16h21min de 29 de novembro de 2010
m
 
== Abundância e obtenção ==
O titânio como metal não é encontrado livre na natureza, porém é o nono em abundância na crosta terrestre e está presente na maioria das [[rocha ígnea|rochas ígneas]] e sedimentos derivados destas rochas. É encontrado principalmente nos [[mineral|minerais]] [[anatasaanatase]] (TiO<sub>2</sub>), [[brookita]] (TiO<sub>2</sub>), [[ilmenita]] (FeTiO<sub>3</sub>), [[leucoxenoleucoxena]], [[perovskita]] (CaTiO<sub>3</sub>), [[rutilo]] (TiO<sub>2</sub>) e [[titanita]] (CaTiSiO<sub>5</sub>); também como [[titanato]] em [[mina]]s de [[ferro]]. Destes minerais, somente a [[ilmenita]], oa [[leucoxenoleucoxena]] e o [[rutilo]] apresentam importância econômica. São encontrados depósitos importantes na [[Austrália]], na [[Escandinávia]], [[Estados Unidos da América|Estados Unidos]] e [[Malásia]].
 
O titânio metálico é produzido comercialmente a partir da [[redução]] do tetracloreto de titânio (TiCl<sub>4</sub>) com [[magnésio]] a 800 [[grau Celsius|°C]] em atmosfera de [[argônio]]. Em presença do [[atmosfera|ar]] reagiria com o [[nitrogênio]] e [[oxigênio]]. Este processo, desenvolvido por William Justin Kroll em [[1946]], é conhecido como "processo Kroll". Deste modo é obtido um produto poroso conhecido como ''esponja de titânio'' que, posteriormente, é purificado para a obtenção do produto comercial.
40 114

edições