Abrir menu principal

Alterações

125 bytes adicionados ,  13h06min de 7 de dezembro de 2010
Atentos e vigilantes, Antonio de Souza Gomes, Marcionílio de Souza Gomes e HelenaCoelho Gomes acompanhavam de perto, até altas horas da noite os acirrados debates entre Padre Luís Soares Palmeira e Enio Mendes.
 
Finalmente, no dia [[30 de julho]] de [[1962]] para alegria da população itanagrense e de todos aqueles que com desvelo lutaram em prol desta causa, o desembargador Adalício Nogueira, governador interino do Estado da Bahia assina a Lei Estadual n.º 1767, de 30 de julho de 1962,publicada no D.O. De [[31 de julho]] de 1962, que cria o município de ITANAGRA, desmembrando-o dos de Mata de São João e Entre Rios. A primeira funcionária da prefeitura foi a Sra Helena de Jesus Góes que atuaria como secretária deste recente município.
 
Pela Lei de n.º 1767 de 30 de julho de 1962, foi criado o município, com território do distrito de Itanagra e parte do território de Açu da Torre, desmembrado do município da Mata de São João, e com parte dos territórios do extinto Distrito de Cambuis e de Subaúma desmembrado este do município Entre Rios com denominação de Itanagra.
Utilizador anónimo