Diferenças entre edições de "Neuroma de amputação"

140 bytes adicionados ,  18h50min de 18 de dezembro de 2010
sem resumo de edição
{{Sem-fontes|data=dezembro de 2010| arte=| Brasil=| ciência=| geografia=| música=| Portugal=| sociedade=|1=dezembro 2010|2=|3=|4=|5=|6=}}
[[Ficheiro:Zwei Verschiedene Neurone.png|thumb|right|300px|Exemplos de neurônios.]]
O '''Neuroma de amputação''' ocorre quando o espaço entre o [[coto proximal]] e o [[coto distal]] do [[axônio]] de uma [[célula nervosa]] é muito grande ou quando ocorre uma [[amputação]], os ramos do coto proximal crescem desordenadamente, entrelaçam-se e formam uma estrutura muito sensível, provocando a dor. É por causa desses neuromas de amputação, que quando o corpo é ferido, a região ferida do corpo dói mesmo depois de ter levado o ferimento. Quando um axônio de uma célula nervosa é cortada acidentalmente, o que ocorre no caso dos ferimentos na [[pele]], a região que fica ligada ao corpo celular é chamada coto proximal, e a que fica separada é chamada coto distal.
20 149

edições