Diferenças entre edições de "Código de Manu"

31 bytes adicionados ,  21h05min de 28 de dezembro de 2010
m
r2.5.2) (Bot: Adicionando: bg:Ману-смрити; mudanças triviais
m (Bot: Adicionando: ne:मनुस्मृति)
m (r2.5.2) (Bot: Adicionando: bg:Ману-смрити; mudanças triviais)
Como no exemplo:
 
:* Dos meios de prova – capítulo 2: "somente homens dignos de confiança, isentos de cobiça podem ser escolhidos para testemunhas de fatos levados a juízo, sendo tal missão vedada para as castas inferiores".
 
O artigo 49 estabelece, coerentemente, quais os indivíduos que são impedidos de testemunhar:
 
:* "nenhum infeliz acabrunhado pelo pesar, nem ébrio, nenhum louco, nenhum sofrendo de fome ou sede, nenhum fatigado em excesso, nenhum que está apaixonado de amor, ou em cólera, ou um ladrão".
 
Assim, por exemplo, o hindu que estiver tomado por amor a uma mulher não merecia credibilidade em seu depoimento. Isso também se justifica pelo fato de que, segundo o Código, o testemunho de enamorados ou tomados pelo ódio não seriam imparciais em seus julgamentos.
{{Bom interwiki|ru}}
 
[[bg:Ману-смрити]]
[[ca:Manu Smriti]]
[[de:Manusmriti]]
410 511

edições