Diferenças entre edições de "Resistência Nacional Moçambicana"

104 bytes removidos ,  16h29min de 20 de janeiro de 2011
Desfeita a edição 23513730 de 187.11.74.113 (discussão | contribs)
(Desfeita a edição 23513730 de 187.11.74.113 (discussão | contribs))
{{sem-fontes|data=Outubro de 2008}}
A '''Resistência Nacional Moçambicana''' (ou '''RENAMO''') é o segundo maior [[partido político]] de [[Moçambique]]. O seu actual presidente é [[Afonso Dhlakama]].
 
Foi fundada pelo brasileiro Pedro A. Marangoni, ex-oficial aviador da FAB e que havia lutado em Angola.
Surgiu como reacção ao partido único no poder, a [[Frelimo]], organizando um movimento armado que durou [[guerra de desestabilização de Moçambique|16 anos]]. A RENAMO começou na província de [[Manica (província)|Manica]], centro de Moçambique, com [[André Matsangaíssa]], um dissidente da [[Frelimo]], morto pelas forças governamentais em [[Gorongosa]] no ano de [[1979]], num ataque da Renamo a uma posição das forcas governamentais. A base era conhecida com o nome de "Casa Banana".