Abrir menu principal

Alterações

40 bytes adicionados ,  22h45min de 23 de janeiro de 2011
m
removendo {{semiw}} dos artigos que possuem interwiki +ajustes utilizando AWB
'''Aloísio Magalhães''' ([[Pernambuco]], [[5 de novembro ]] de [[1927]] — [[Itália]], [[13 de junho]] de [[1982]]) foi um [[designer gráfico]] [[brasil]]eiro.
 
É considerado um dos pioneiros na introdução do [[design moderno]] no Brasil, tendo ajudado a fundar a primeira escola superior de design neste país, a [[Escola Superior de Desenho Industrial do Rio de Janeiro]] (ESDI). É normalmente considerado pela crítica um dos mais importantes [[design gráfico|designers gráficos]] brasileiros do [[século XX]].
 
Além de designer, foi [[artista plástico]] e secretário geral do [[Ministério da Educação (Brasil)|Ministério da Educação e da Cultura]] (MEC). Foi diretor do [[Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional]] (IPHAN) e esteve sempre ligado a questões próprias da [[cultura brasileira]]. Fundou em [[1960]] o escritório M+N+P em conjunto com Luiz Fernando Noronha e Artur Lício Pontual, posteriormente se transformando na atual PVDI - Programação Visual Desenho Industrial. Ao lado dos novos sócios Joaquim Redig e Rafael Rodrigues, projetou a [[identidade visual]] da [[Petrobrás]], do IV Centenário do Rio de Janeiro. Em [[1965]], foi responsável pela criação da primeira logomarca da [[TV Globo]], uma estrela de quatro pontas. Foi responsável pelo projeto gráfico das notas do [[cruzeiro novo]] (moeda adotada no país a partir de [[1966]]). Foi também membro fundador d'[[O Gráfico Amador]], uma [[private press]] que, através de suas experiências [[tipografia|tipográficas]], teve influência significativa sobre o moderno [[design gráfico]] brasileiro.
 
Aloisio faleceu em [[Pádua]], [[Itália]] em [[1982]], quando tomava posse como presidente da Reunião de Ministros da Cultura dos Países Latinos. Após sua morte foi editado o livro ''E triunfo?'', registrando seu pensamento e sua ação à frente dos organismos federais de cultura.
 
== Bibliográficas ==
* MAGALHÃES, Aloísio, ''A Herança do Olhar: O Design de Aloísio Magalhães'', Rio de Janeiro: SENAC RIO, 2003. (Organizado por [[João de Souza Leite]] com ensaios de vários autores)
* [[Guilherme Cunha Lima|LIMA, Guilherme Cunha]]; ''O Gráfico Amador: as origens da moderna tipografia brasileira'', Edit.UFRJ, Rio de Janeiro, 1997
* STOLARSKI, André (org.); ''Alexandre Wollner e a formação do design moderno no Brasil''; São Paulo: Cosac e Naify, 2005; ISBN 8575034480
 
== {{vejaVer também}} ==
* [[História do design gráfico]]
* [[ESDI]]
* [[O Gráfico Amador]]
 
== {{Ligações externas}} ==
*[ {{Link||2=http://www.tiagoteixeira.com.br/fatias/conteudo/personalidade/aloisiomagalhaes.htm |3=DesignEmFatias - Aloísio Magalhães] |4=- em português}}
*[ {{Link||2=http://www.pvdi.com.br |3=PVDI - Programação Visual Desenho Industrial]}}
 
{{DEFAULTSORT:Aloisio Magalhaes}}
[[Categoria:Designers gráficos do Brasil]]
 
{{seminterwiki}}
 
[[es:Aloísio Sergio Magalhães]]
82 600

edições