Abrir menu principal

Alterações

20 bytes removidos ,  23h45min de 1 de fevereiro de 2011
sem resumo de edição
'''Quintino de Lacerda''' ([[Itabaiana (Sergipe)|Itabaiana/SE]], 8- data de [[junho]] denascimento [[1839]]desconhecida - [[Santos]], 10 de [[agosto]] de [[1898]]) foi um negro, ex-escravo que tornou-se herói abolicionista. Nasceu [[escravo]] em 1839 na cidade serrana de [[Itabaiana (Sergipe)|Itabaiana]], em Sergipe. Vendido para [[São Paulo]], lá foi [[escravo]] de [[Antônio de Lacerda Franco]]. Ganhou sua liberdade com a conquista da amizade de seu senhor, de quem herdou até o sobrenome, e adquiriu terras formando o maior [[quilombo]] conhecido no [[Brasil]], situado em localidade onde hoje abriga o bairro [[Jabaquara (Santos)|Jabaquara]], na cidade de [[Santos]]. Sua popularidade na cidade propiciou-lhe o cargo de vereador da Câmara de Santos em [[1895]], chegando a exercer a presdidência da casa. Foi reconhecido na luta pela liberdade dos negros em sua comunidade. Morreu em 10 de agosto de 1898, deixando três filhos menores. Seu enterro foi acompanhado por um grande número de pessoas, um testemunho do reconhecimento de sua importância histórica. Recebeu várias homenagens. Foi mandado erguer na cidade de Santos, monumentos ao Coronel Quintino de Lacerda, patente outorgada pelo então Presidente, [[Marechal Deodoro da Fonseca]] ao menino escravo dos engenhos de [[Sergipe]], em [[Itabaiana (Sergipe)|Itabaiana]]. Seu nome também foi lembrado em sua terra, onde denominaram uma artéria publica com seu nome no centro da cidade (Rua Quintino de Lacerda) e reconheceram-no pelo seu legislativo municipal, como Herói Negro de Itabaiana, considerando o 8 de Junho como o Dia Municipal de Luta da Consciência Negra em sua homenagem gravado em 20 de setembro de 2001.
 
* Herói negro de [[Itabaiana (Sergipe)|Itabaiana]]
Utilizador anónimo