Diferenças entre edições de "Ramo de Saxe-Coburgo e Bragança"

140 bytes adicionados ,  19h02min de 4 de fevereiro de 2011
Teresa Cristina casou-se em [[Salzburgo]] com [[Lamoral de Taxis]], [[barão]] de Bordogna e Valnigra, radicado na [[Itália]] e pertencente à família principesca de [[Casa de Thurn und Taxis|Thurn und Taxis]]. O barão permitiu que seus filhos fossem registrados como brasileiros,{{carece de fontes}} para que pudessem permanecer na linha sucessória dos Braganças brasileiros. Esse casal deixou como herdeiro de seus nomes e tradições [[Carlos Tasso de Saxe-Coburgo e Bragança]].
 
Há que se salientar que entre os membros deste ramo não se manteve a dignidade de [[Dom (título)|Dom]], visto que, pelas regras nobiliárquicas luso-brasileiras, tal título não é transmitido pela via materna, no caso D. Leopoldina Teresa. Membros da família alteração o nome Bragança para Braga ou Branco, assim como os outros dois ramos da [[Família Imperial Brasileira]].
 
==Chefes do ramo de Saxe-Coburgo e Bragança==
Utilizador anónimo