Diferenças entre edições de "Crucifixo"

1 029 bytes adicionados ,  23h07min de 7 de fevereiro de 2011
m (Ajuste utilizando AWB)
==Visão Protestante==
Grande parte das comunidades [[Protestantismo|protestantes]] são contra o uso do crucifixo como objeto de veneração, em vez disso, quase que todos os protestantes são a favor do uso da ''cruz vazia'', buscando dar ênfase a [[Ressureição|Ressureição de Jesus]]. O Crucifixo é também considerado um dos tantos motivos de discórdia entre protestantes e católicos. Embora o uso de crucifixo entre protestantes mais tradicionais não seja tão raro, o próprio Lutero recomendava a imagem do crucifixo como forma de nos lembrarmos de nossa culpa, já que cristo foi crucificado por nossos pecados.
 
Nota-se uma grande influência para o uso do Crucifixo com as próprias palavras de Jesus:
 
"Se alguém quiser seguir-Me, tome a sua cruz e siga-Me" (Lc 9, 23)
 
E nas palavras do Apóstolo São Paulo:
 
Coríntios (1/23,24):”...Mas nós pregamos a '''Cristo crucificado''', escândalo para os judeus, loucura para os gentios; mas para os que foram chamados, tanto judeus como gregos, pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus.”
 
Muitas seitas não aceitam o crucifixo, acreditando que este fere a ressureição de Jesus, mas podemos ver que o uso deste sacramental é perfeitamente adequado com a doutrina dos apóstolos, que pregavam não somente Jesus Ressucitado, mas PRINCIPALMENTE, Jesus CRUCIFICADO. O que faz majestosamente a Igreja Católica, a Igreja dos Apóstolos, a Igreja de Jesus, que é Deus.
 
A cruz que antes era sinal de maldição e condenação, em Jesus passa a ser sinal de salvação.
Amar a cruz, tomá-la como companheira passou a ser requisito para o integral segmente a NS Jesus Cristo.
 
==Referências==
Utilizador anónimo