Apameia: diferenças entre revisões

233 bytes adicionados ,  22 de fevereiro de 2011
m
Referenciando com Estrabão - que parece ser o único que identifica Apama esposa de Nicator com Apama filha de Artabazo (mas confundir isso fica para mais tarde)
m (Bot: Modificando: hu:Apameia)
m (Referenciando com Estrabão - que parece ser o único que identifica Apama esposa de Nicator com Apama filha de Artabazo (mas confundir isso fica para mais tarde))
{{mais-notas|data=Fevereiro de 2011}}
{{Sem-fontes|data=junho de 2010| arte=| Brasil=| ciência=| geografia=| música=| Portugal=| sociedade=|1=|2=|3=|4=|5=|6=}}
[[Ficheiro:Apamea-Portico.jpg|200px|right|thumb|Pórtico da cidade de Apamea, [[Síria]]]]
[[Ficheiro:Apamea-Cardo.jpg|200px|left|thumb|Cardo máximo, a rua principal de norte a sul da cidade de Apamea (Síria)]]
'''Apameia''' (em [[Língua grega|grego]]: Απάμεια; em [[Língua árabe|árabe]]: آفاميا‎, ''Afamia'') é uma antiga [[cidade]] [[síria]], situada a 50 [[quilômetro]]s da atual [[Hama]], junto ao [[rio Orontes]]. Foi construída no ano de [[300 a.C.]] {{carece de fontes}} pelo primeiro dos reis [[selêucidas]], [[Seleuco I Nicator]], noque anopôs deo nome da cidade em homenagem a sua esposa, [[300Apama a(esposa de Seleuco I Nicator)|Apama]],<ref name="strabo.Cgeo.16.2.4">[[Estrabão]], que''Geografia'', pôsLivro oXVI, nomeCapítulo da2, cidade4</ref> emfilha homenagemde a[[Artabazo sua(século esposaIV a.C.)|Artabazo]].<ref name="strabo.geo.12.8.15">[[Estrabão]], ''Geografia'', Livro XII, Capítulo 8, 15</ref> Na [[era cristã]], converteu-se em um importante centro de [[filosofia]] e conhecimento, chegando a ter uma população de mais de 500.000 habitantes.
 
Nesta cidade firmou-se a paz em 188 a.C., dois anos depois da [[Batalha de Magnésia]], entre [[Antíoco III Magno]] e os romanos.
 
A maioria das ruínas conservadas pertencem à época do [[Império Bizantino]].
 
{{referências}}
 
[[Categoria:Cidades da Síria]]
59 779

edições