Diferenças entre edições de "Cananeus"

342 bytes removidos ,  20h53min de 24 de fevereiro de 2011
m (Revertidas edições por 201.25.179.155 para a última versão por Alph Bot)
Etiqueta: Ligações internas removidas
 
Os cananeus tinham como prática religiosa comum o sacrifício de crianças. Em escavações feitas por Macalister em Gezer, 1904-1909, foram encontradas ruínas de um "Lugar Alto", que tinha sido um [[templo]], no qual ocorria a adoração de Baal e [[Astarote]]. Sob os detritos, neste local, foram encontrados uma grande quantidade de jarros contendo despojos de crianças recém-nascidas, que haviam sido sacrificadas a Baal. A área inteira se revelou como sendo cemitério de crianças. Em [[Meggido]], [[Jericó]] e Gezer as escavações revelaram que era comum o "sacrifício dos alicerces"; quando se ia construir uma casa, sacrificava-se uma criança, cujo corpo era metido num [[alicerce]], a fim de trazer felicidade para o resto da [[família]].
 
[[Israel]] é ordenado a não fazer aliança com os cananeus, não temê-los, não se misturar com eles em [[casamento]] {{Carece de fontes|data=maio de 2010}}, não seguir sua [[idolatria]],não seguir seus [[costumes]], destruí-los sem misericórdia e destruir todos os vestígios de sua idolatria. {{Carece de fontes|data=maio de 2010}}
 
[[Categoria:Canaã]]
Utilizador anónimo